Futebol nacional

Presidente do Conselho de Disciplina instaura processo a Brahimi

Decisão surge depois do arquivamento decretado pela Comissão de Instrutores da Liga.
Foto
LUSA/JOSÉ COELHO

O presidente do Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol decidiu nesta quinta-feira instaurar um processo disciplinar ao argelino Brahimi do FC Porto, depois de a Comissão de Instrutores da Liga ter arquivado uma queixa do Benfica.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

"Instaurado processo disciplinar, por decisão do presidente do Conselho de Disciplina, de 16 de Agosto de 2018, a agente desportivo, com base em despacho da Comissão de Instrutores da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), que arquiva requerimento de sociedade desportiva", pode ler-se na nota divulgada no site da Federação.

Ainda na nota divulgada, que não faz menção ao nome do jogador visado, é informado que "o processo foi enviado, hoje, à Comissão de Instrutores da LPFP, mantendo-se em segredo até ao fim da instrução".

O Benfica apresentou queixa à Liga de um lance que envolveu o argelino Brahimi e um jogador do Desportivo de Chaves, Niltinho, no jogo da primeira jornada do campeonato, que os campeões nacionais venceram por 5-0, no Dragão.