Ronaldo e Ricardinho nomeados para melhor golo da UEFA

Gonçalo Ramos e Paulo Estrela são os outros dois portugueses que constam na lista de nomeados da UEFA para melhor golo da temporada.

Imagem do golo marcado à Juventus na Liga dos Campeões
Foto
O golo acrobático de Ronaldo contra a Juventus, a sua actual equipa LUSA/ANDREA DI MARCO

Quatro portugueses, incluindo Cristiano Ronaldo e Ricardinho, estão nomeados para o prémio de melhor golo da temporada da UEFA, que abrange 11 competições organizadas pela entidade que tutela o futebol europeu.

O golo de pontapé de bicicleta que Ronaldo marcou pelo Real Madrid à Juventus, sua actual equipa, na 1ª mão dos quartos-de-final da última edição da Liga dos Campeões, aparece na lista da UEFA, assim como o remate certeiro de "letra" feito por Ricardinho com Portugal frente à Roménia, no Europeu de futsal, competição que a selecção lusa acabaria por vencer.

O golo de calcanhar que Gonçalo Ramos marcou à Eslovénia, no Europeu de sub-17, e a excelente jogada colectiva do FC Porto, concretizada por Paulo Estrela perante o Besiktas, na Youth League, aparecem também entre a lista dos nomeados.

A lista incluí o brasileiro Elisandro, ex-jogador do Benfica, com um golo que marcou frente ao Sporting ao serviço do Inter Movistar, na UEFA Futsal Cup, o francês Dimitri Payet, com o Marselha na Liga Europa, e o dinamarquês Christian Eriksen, que ajudou a sua selecção a bater a Irlanda (5-1) no play-off de acesso ao Mundial2018. A representação masculina termina com o golo de Elliot Embleton na vitória da Inglaterra sobre a Turquia (3-2) no Europeu de sub-19. 

A nível feminino, a inglesa Lucy Bronze foi nomeada, com o golo que deu o apuramento ao Lyon para a final da Liga dos Campeões, no triunfo por 1-0 sobre o Manchester City, e tem a companhia das espanholas Olga Carmona (Euro sub-19) e Eva Navarro (Euro sub-17).

A votação será feita pelos adeptos no sítio oficial da UEFA na Internet até 27 de Agosto. Em 2017, o croata Mario Mandzukic sucedeu ao argentino Lionel Messi, que tinha vencido em 2016 e 2015, ano em que foi criado o prémio.