Incêndio na Sertã está dominado

As chamas não ameaçaram povoações.

Imagem de arquivo
Foto
Imagem de arquivo Reuters/RAFAEL MARCHANTE

O incêndio florestal que deflagrou desde as 14h10 deste sábado no concelho da Sertã, distrito de Castelo Branco, está dominado e não ameaçou povoações, avançam o presidente do município e a Protecção Civil. 

"O incêndio chegou a ter grandes proporções, mas está dominado. Os meios foram muitos e houve uma rápida actuação", disse à agência Lusa o autarca José Farinha Nunes, pouco mais de três horas depois do alerta.

O autarca adiantou que as chamas, que eclodiram numa zona de pinhal junto à localidade de Figueiredo, não colocaram casas em perigo. "Foi só na floresta, não houve pessoas nem casas em risco", disse José Farinha Nunes.

Essa informação já tinha sido confirmada antes ao PÚBLICO por uma fonte do do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Castelo Branco avançou que as chamas estão junto de localidades mas que a distância era de "quilómetros". "Não há aldeias na linha de fogo", esclareceu. 

De acordo com a página da ANPC, o incêndio está agora em fase de "resolução" e lavrou junto à localidade de Catadinha, situada numa zona florestal perto da estrada que liga o município da Sertã a Oleiros, ambos no distrito de Castelo Branco. No local, a combater as chamas, pelas 18h10, estavam 249 operacionais, apoiados por 65 viaturas e nove meios aéreos.

Por volta das 18h10 deste domingo, e de acordo com a ANPC, estavam em curso três incêndios rurais em território nacional, que mobilizam 71 operacionais e 19 meios terrestres e dois meios aéreos. Há três incêndios em fase de resolução e 10 em fase de conclusão. Ao todo, estas ocorrências estão a mobilizar 1288 operacionais, apoiados por 380 meios terrestres e 13 meios aéreos.