Japão

O metro de Tóquio dá música por causa dele

Há quem componha música para ser tocada por uma orquestra e há também compositores musicais no cinema. Mas é muito provável que nunca tenhas pensado que alguém que se pode ocupar dos avisos sonoros para as estações de metro.

Minoru Mukaiya, de 61 anos, já criou aproximadamente 200 melodias para as mais de 100 estações que compõem o complexo sistema de metro de Tóquio. Mas como compor música para um sistema de transporte público como este? “Por exemplo, lembro-me da maneira como um comboio entra na estação, a maneira como curva, e crio uma melodia que se adeque”, explica o músico japonês neste vídeo do portal Great Big Story.

Ao contrário do que acontece na maioria dos metros do mundo, em que uma única voz anuncia o nome da paragem com o mesmo som, as paragens do metro de Tóquio têm a sua própria banda sonora, com jingles distintos que geralmente têm dez a 15 segundos de duração. “O aspecto mais importante é que seja agradável ao ouvido. Se não é, estraga o propósito”, considera o músico, que prefere utilizar “sons mais suaves”.

Esta função de Mukaiya é o casamento perfeito entre duas das suas paixões. Já foi um pianista jazz na banda Casiopea e é um amante de comboios, tendo produzido a série de videojogos japonesa Train Simulator. “Não há maior felicidade do que estar nestes comboios que eu adoro e ouvir a música que eu fiz”, rejubila.