Novo Android tira as cores do ecrã antes da hora de dormir

Opções na mais recente versão dos sistema operativo ajudam a controlar o tempo passado a olhar para o telemóvel.

O tempo que as pessoas passam a olhar para ecrãs tem gerado preocupações
Foto
O tempo que as pessoas passam a olhar para ecrãs tem gerado preocupações Reuters/STEFAN WERMUTH

O Google vai lançar um conjunto de ferramentas para o Android com as quais se junta a uma das mais recentes tendências das grandes empresas de tecnologia: dar aos utilizadores formas de controlar o tempo que passam de olhos postos no ecrã.

As ferramentas fazem parte de um pacote chamado Bem-Estar Digital, que já tinha tinha sido anunciado em Maio. Mas são compatíveis apenas com a mais recente versão do sistema Android, o Android 9 Pie, que começou agora a ser distribuído para os telemóveis Google Pixel. Seguir-se-ão outras marcas depois do Verão, embora vários fabricantes tipicamente acabem por não disponibilizar actualizações do sistema para muitos dos seus modelos.

As funcionalidades do Bem-Estar Digital ainda estão numa fase experimental e, por ora, têm de ser instaladas separadamente: depois de fazerem a actualização para o Android Pie, os interessados têm de se inscrever numa página para poderem ter acesso às novas opções, que após esse processo passam a estar disponíveis nas configurações do telemóvel.

As ferramentas incluem um indicador do tempo de uso do telemóvel, bem como do tempo gasto em aplicações específicas – quando é superado o limite definido pelo utilizador, o ícone da aplicação em causa fica cinzento. Também há um modo que bloqueia todas as notificações visuais. Por fim, uma outra opção activa este bloqueio das notificações e transforma as cores do ecrã em tons de cinzento nas horas antes de o utilizador se deitar. Vários estudos têm apontado problemas de sono motivados pela exposição à luz dos ecrãs. Há utilizadores que recorrem à técnica de retirar as cores para gastar menos tempo nos respectivos telemóveis, seja antes de dormir ou durante o resto do dia.

As novas ferramentas do Android surgem quando a preocupação com o impacto da tecnologia se está a alastrar. Na semana passada, o Facebook e o Instagram anunciaram que vão passar a dar aos utilizadores um contador com o tempo que passam nestas plataformas. A nova versão do sistema operativo do iPhone também tem mecanismos para ajudar os utilizadores a largar o telemóvel durante a noite

O Google afirmou que este género de mecanismos está a ser procurado pelos utilizadores. “Na verdade, 70% das pessoas com quem falámos na nossa pesquisa disseram que queriam mais ajuda com isto. Por isso, temos estado a trabalhar para acrescentar funcionalidades ao Android para ajudar as pessoas a conseguir o equilíbrio com a tecnologia de que estão à procura”, escreveu um dos vice-presidentes da empresa, Sameer Samat.

O novo Android 9 Pie traz ainda algumas novidades na interface, melhorias na gestão da bateria e um controlo automático da luminosidade que aprende as preferências do utilizador em várias situações. Uma outra funcionalidade nova vai sugerir aplicações e acções personalizadas para cada utilizador, com base no contexto, como a localização e a hora: se o utilizador colocar os auscultadores ao final do dia, o telemóvel poderá sugerir música ou uma chamada para um contacto a quem habitualmente se telefona naquele momento.

Muitos utilizadores, no entanto, nunca terão estas novidades, uma vez que os respectivos telemóveis não serão actualizados. Apenas 12% dos telemóveis Android têm instalado o Android 8 Oreo, lançado no ano passado, e 31% ainda têm a versão 7 do sistema.