As mesmas fotografias bonitas, os mesmos locais bonitos, o mesmo Insta Repeat

Fotogaleria

Scroll, scroll, scroll, milhentas fotografias captadas a partir de uma tenda, umas quantas pessoas em cima de jipes, outras tantas na ponta de uma canoa. Muitas casinhas vermelhas no meio da montanha. Muitos aventureiros solitários em pontes suspensas. Ou bem no meio de estradas desertas. Se alguma vez ao desfiares o feed do Instagram sentiste um certo déjà vu… é porque realmente já viste aquela imagem nalgum lado. 

Desde Junho que o perfil @insta_repeat se dedica a dar conta destas déjà vu vibes no Instagram — para gáudio de já quase 110 mil seguidores. E prova que, afinal, as imagens de alguns dos mais populares igers do mundo podem não ser assim tão originais e criativas. A descrição, sarcástica, diz tudo: "Vaguear. Deambular. Replicar." E vai para além do uso, e abuso, do filtro Orange & Teal

Por detrás da conta está uma realizadora e artista de 27 anos. E pouco mais se sabe: prefere manter-se no anonimato. Ao blogue Photoshelter conta que foi a "abundância de imagens de canoas" que fez germinar esta ideia. Sempre que via uma dessas fotos, pensava fazer uma compilação — sendo que, reconhece, ela própria também já captou o mesmo cenário ("Todos nós já fizemos coisas de que não nos orgulhamos"). Depois, sendo natural do Alasca, está "constantemente" a ver imagens de "aventureiros" e "exploradores" no Instagram que fazem, muitas vezes, o mesmo tipo de imagens e, muitas vezes, nos mesmos locais — e o Alasca está cheio de paisagens trendy

Claro que nem todos, inclusive os fotógrafos visados que são identificados nas imagens, elogiam o projecto. Onde é que ela quer chegar afinal? "Há muito mimetismo nos média, não apenas no Instagram. O objectivo do Insta Repeat é criticar a originalidade da criação nos média através da lente (trocadilho intencional) deste 'género' de contas de fotografia no Instagram." Aquelas de viagens e de aventura que abusam de etiquetas como #liveauthentic e #exploretocreate, que, diz a jovem, têm tanto de "irónico" quanto de "interessante". Pelo menos enquanto palco de trabalho.

Sugerir correcção