Dovizioso soma segundo triunfo do ano em MotoGP

Piloto italiano celebrou em Brno 100.º Grande Prémio com a Ducati.

Foto
Dovizioso EPA/MARTIN DIVISEK

O piloto italiano Andrea Dovizioso (Ducati) alcançou este domingo a segunda vitória da temporada em MotoGP, ao ganhar o Grande Prémio da República Checa, em Brno, décima prova do Mundial motociclismo de velocidade.

Dovizioso, que disputou o seu 100.º grande prémio com a Ducati, largou da pole position pela primeira vez desde 2016 e deu novamente um triunfo à marca italiana em Brno, depois do australiano Casey Stoner em 2007.

"Sinceramente, não esperava estar tão rápido. Estou muito feliz, por toda a minha equipa", afirmou o italiano, que começou a temporada com uma vitória no Qatar.

Dovizioso completou as 21 voltas com 178 milésimos de avanço sobre o espanhol Jorge Lorenzo, seu colega de equipa, enquanto o espanhol Marc Márquez (Honda), tetracampeão mundial e líder do campeonato, terminou em terceiro, a quase quatro décimos.

PÚBLICO -
Aumentar

O veterano italiano Valentino Rossi (Yamaha) partiu da segunda posição da grelha e manteve um aceso duelo com o compatriota até à décima volta, antes de ser ultrapassado por Lorenzo e Márquez, para concluir a corrida em quarto no circuito onde conquistou a sua primeira vitória em grandes prémios, em 1996, na classe 125 cc.

Nas últimas voltas, Dovizioso foi apertado por Lorenzo e Márquez, sobretudo pelo primeiro, mas resistiu a todos os ataques e subiu mesmo ao lugar mais alto do pódio.

Com o terceiro lugar, Márquez passou a somar 181 pontos e manteve uma margem confortável na liderança, com 49 de vantagem sobre Rossi e 69 em relação a Dovizioso, que roubou a terceira posição ao espanhol Maverick Viñales, vítima de queda ainda na primeira volta.

Em Moto3, o italiano Fabio Di Giannantonio (Honda), de 19 anos, conseguiu a primeira vitória da sua carreira, ao bater o espanhol Aron Canet (Honda) e o checo Jakub Kornfeil (KTM), que tinha partido da pole.

O também italiano Marco Bezzecchi (KTM), sexto em Brno, subiu a primeiro do campeonato, com três pontos de avanço sobre o anterior líder, o espanhol Jorge Martin (Honda), vencedor de cinco provas esta época, que esteve ausente depois de ter sido operado no sábado a uma fractura na mão esquerda, sofrida na sexta-feira, durante os testes livres.

A 11ª das 19 provas é Grande Prémio da Áustria, que se realiza em 12 de Agosto, no Red Bull Ring, em Spielberg.