Crónica de jogo

Sporting empata com Marselha na apresentação da equipa aos sócios

Os "leões" mostraram que estão vivos, apesar da pré-época conturbada que viveram.

Nani e Bruno Fernandes mostarram que podem ajudar muito o Sporting.
Foto
Nani e Bruno Fernandes mostarram que podem ajudar muito o Sporting. LUSA/MIGUEL A. LOPES

A diferença que quase três meses fizeram. Em Maio, o público de Alvalade viu Rui Patrício ser envolvido por uma chuva de tochas nos segundos iniciais do derby com o Benfica, seguindo-se, poucos dias depois, o ataque aos jogadores por elementos da principal claque "leonina". Volvidos mais de 80 dias, o ambiente foi de festa na apresentação do plantel do Sporting para a época 2018-19 - que também terá Rodrigo Battaglia, que assinou neste sábado um contrato de cinco temporadas com o clube de Alvalade. Com uma boa exibição, Bruno Fernandes, eleito o melhor jogador da I Liga 2017-18 e um dos grandes ovacionados da noite, deu razão aos sportinguistas que ficaram aliviados com a sua permanência na equipa, pois foi dos pés do médio que saiu o cruzamento que levou ao resultado final de 1-1 que o Sporting registou com o Marselha.

O jogo começou da pior maneira para o Sporting e para Viviano. O guardião italiano dominou muito mal um passe que recebeu de Jérémy Mathieu, e Valère Germain, que estava próximo da pequena área, aproveitou para meter a bola da baliza.

Mas o Sporting não se deixou afectar pelo golo madrugador, respondendo aos franceses com um par de ocasiões que podiam ter dado golo. Nani quase empatou a partida mas o remate saiu ao lado (7’). Logo a seguir, o cruzamento da esquerda de Jeffeson podia ter tido um seguimento feliz, não fosse a defesa do Marselha cortar a bola.

Os “leões” estiveram melhores nos primeiros 20 minutos, mas a sua vontade não foi realizada porque Rudi Garcia foi inteligente e mandou a linha defensiva do Marselha avançar quando alguém do Sporting se preparava para se isolar na área, levando várias vezes o árbitro assistente a assinalar fora-de-jogo.

O Marselha não trouxe de volta para o campo o bom momento com que terminou os primeiros 45 minutos e viu o Sporting empatar ao minuto 61. Bruno Fernandes cruzou para a área e André Pinto mandou para o fundo das redes, não sem antes ver o guardião adversário defender o seu cabeceamento.

O resto da segunda parte desenrolou-se de forma monótona. O Marselha a mostrar-se confortável com o empate e o Sporting a tentar passar para a frente do marcador, mas sem sucesso, fruto também do bom jogo defensivo da equipa francesa.

Depois do lance do golo, Bruno Fernandes, com a braçadeira de capitão após a saída de Nani, participou em mais lances dignos de nota e que justificaram a ovação em pé que os adeptos da casa lhe fizeram aquando da sua substituição (85’).