EUA

Já foi um "saco de pancada", agora Michael Cohen parte para o ataque a Trump

Disse que por Trump se punha à frente de uma bala. Acreditava que a admiração e a amizade eram mútuas. Quando ficou em apuros, pediu-lhe a mão. Agora sente-se traído e ninguém sabe que danos podem os segredos que tem para contar ao FBI podem fazer ao Presidente dos EUA.