i-infographic

Ásia

Rohingya: uma crise sem fim

Após verem as suas casas destruídas e as suas vidas ameaçadas, os cerca de 800 mil rohingya que fugiram da Birmânia e que vivem nos campos de refugiados do Bangladesh enfrentam agora uma nova crise, as monções. As primeiras chuvas, que vão potencialmente pôr em perigo mais de 200 mil refugiados, já destruíram centenas de abrigos e causaram a morte de pelo menos uma criança. Nesta crise sem fim existe uma solução controversa que tarda em chegar, a ilha de Bashan Char, onde o Governo do Bangladesh pretende alojar 100 mil rohingya