Física e Química A: prova da 2.ª fase foi "mais acessível", dizem professores

A segunda fase dos exames nacionais arrancou nesta quarta-feira.

A segunda fase dos exames vai prolongar-se até ao próximo dia 23
Foto
A segunda fase dos exames vai prolongar-se até ao próximo dia 23 Paulo Pimenta

A Sociedade Portuguesa de Física (SPF) considera que a prova de Física e Química A realizada nesta quarta-feira por alunos do 11.º ano “é mais acessível do que a da 1.ª fase”, feita em Junho, e que resultou numa subida da média dos alunos internos (os que frequentam as aulas o ano inteiro) de 9,9 para 10,6.

Todos os alunos são obrigados a comparecer na 1.ª fase. Os que chumbam ou pretendem melhorar as notas obtidas podem realizar de novo os exames na 2.ª fase. O exame de Física e Química A desta fase foi realizado por 20.351 alunos.

Num parecer divulgado nesta quarta-feira, a SPF assinala que a prova de exame foi “fiel à informação divulgada pelo Instituto de Avaliação Educativa [Iave, responsável pela elaboração e correcção dos exames], avaliando aprendizagens de todos os domínios previstos nesse documento e de uma grande variedade de subdomínios”. Também os itens estavam “formulados de forma clara e compreensível”, acrescenta.

A SPF adianta que na prova desta quarta-feira “são testados conteúdos importantes que não haviam sido incluídos na prova da 1.ª fase (movimento circular uniforme, variação de entalpia, electromagnetismo, oxidação-redução, configurações electrónicas e espectros)”. Refere que mais de metade dos itens (15 em 28) “podem ser considerados acessíveis”, mas chama a atenção para o facto de os alunos terem sido obrigados a “enfrentar uma situação nova, num contexto de exame”.

Foi o que se passou, especifica, com o item 2.1 do Grupo V, onde se solicitava um cálculo que “não é usual nem na resolução de exercícios, nem em trabalho laboratorial”. Ainda sobre este grupo, mas no que respeita ao item 2.2.2, a SPF manifesta estranheza por ter sido “solicitado um resultado com dois algarismos significativos quando todos os dados e o valor da constante do produto iónico da água, a 25º, apresentam três algarismos significativos”.