Governo regional reforça capital da Sata Air Açores em 27 milhões

Companhia aérea pública, que faz as ligações entre as nove ilhas do arquipélago açoriano, é uma das participadas da Sata SGPS, que em 2017 atingiu prejuízos recorde de 41 milhões de euros

Campo das Lajes
Foto
O socialista Vasco Cordeiro, presidente do Governo regional dos Açores miguel manso

O Governo dos Açores anunciou hoje um reforço, em 27 milhões de euros, do capital social da Sata Air Açores, que assegura as ligações aéreas entre as nove ilhas açorianas, "por via da subscrição de 5.400.000 novas acções".

Numa nota enviada hoje às redacções, o executivo açoriano adianta que o reforço do capital social da Sata Air Açores SA foi aprovado em Conselho do Governo de 2 de Julho. A Sata Air Açores é uma das cinco participadas da Sata SGPS, controlada a 100% pela Região Autónoma dos Açores – “holding” que apresentou prejuízos recorde de 41 milhões de euros em 2017, foi hoje noticiado pela Lusa.

"O reforço do capital social mantém o exclusivo do capital social da Sata Air Açores pela Região Autónoma dos Açores", salienta o executivo açoriano socialista, justificando que "esta decisão visa fortalecer a situação líquida da empresa e proporcionar-lhe uma maior robustez económica e financeira" para "o regular cumprimento do seu objecto social de transporte aéreo" entre as nove ilhas dos Açores.

O executivo açoriano salienta ainda que "o aumento do capital social da Sata Air Açores inclui-se na ampla reestruturação do sector público empresarial da Região que tem vindo a ser delineada pelos Governo dos Açores, que incide no reforço da solidez económica e financeira das empresas detidas pela Região".