Nove crianças socorridas na Praia de Mira por suspeita de intoxicação alimentar

Crianças apresentaram um quadro clínico de vómitos, diarreia e mal-estar.

Caldas da Rainha
Foto
Adriano Miranda

Nove crianças que participavam num campo de férias na Praia de Mira foram socorridas nesta quinta-feira por uma equipa médica do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) por apresentarem um quadro clínico compatível com uma intoxicação alimentar, disse o comandante dos Bombeiros de Mira.

Segundo o comandante Nuno Pimenta, os Bombeiros de Mira e uma equipa médica do INEM, apoiados por uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), ocorreram ao local a meio da manhã, quando nove crianças, "todas na casa dos dez anos", apresentaram um quadro clínico de vómitos, diarreia e mal-estar.

Antes da chegada ao local das forças de socorro e da Protecção Civil municipal, um dos jovens foi transportado "por precaução" ao Hospital Distrital de Aveiro, onde se encontra a recuperar. Os restantes jovens estão a ser "objecto de uma triagem no local" feita pelos médicos do INEM.

O campo de férias estava a decorrer nas instalações da Casa da Sagrada Família (conhecida na região como a casa das Zitas), mas a organização pertencia a uma associação independente, sem qualquer relação com a instituição religiosa que aluga quartos para férias à saída sul da praia.

Para além da assistência prestada às crianças, as equipas médicas, de Protecção Civil e da GNR que se encontram ainda no local estão a tentar apurar o que poderá ter corrido mal.