Kerber e Serena reencontram-se na final de Wimbledon

Alemã derrotou Ostapenko, norte-americana afastou Goerges nas meias-finais.

Tênis, Raquete, Campeonato, Tenista
Foto
Kerber Neil Hall/pool via Reuters

A alemã Angelique Kerber, 10.ª do ranking mundial de ténis, e a norte-americana Serena Williams, antiga número um e actual 181.ª da hierarquia, vão defrontar-se na final do torneio de Wimbledon, no sábado, depois de terem ultrapassado as meias-finais do terceiro Grand Slam do ano

Kerber bateu a letã Jelena Ostapenko, 12.ª jogadora do mundo, em 1h08m, pelos parciais de 6-3 e 6-3; enquanto Serena eliminou a alemã Julia Goerges, 13.ª, por 6-2, 6-4, em 1h10m.

Esta é quarta final de um torneio Grand Slam para Kerber e será a nona vez que medirá forças com Serena, com a contabilidade actual a cair para o lado da norte-americana: duas derrotas e oito triunfos, o último dos quais justamente na relva, na final de Wimbledon, há dois anos.