Arquitectura

Uma capela no meio do monte pela mão de Siza Vieira

João Morgado
Fotogaleria
João Morgado

Uma capela pouco convencional, geométrica, em tons pastel e rodeada de paisagens naturais nasceu no Monte da Charneca, em Lagos. Desenhada por Siza Vieira, a Capela do Monte foi encomendada por um casal suíço que vive na zona desde meados dos anos 80 e insere-se numa propriedade de sete hectares que, em 2021, se vai transformar no Centro do Monte da Charneca.

Assumindo-se como o local central do retiro — onde apenas se pode chegar a pé — a capela localiza-se no ponto mais alto da propriedade, o que lhe permite oferecer uma experiência de paz de espírito e tranquilidade aos visitantes. De acordo com um comunicado enviado ao P3, a capela de 65 metros quadrados não tem electricidade nem água, contando apenas com a ventilação natural e com os materiais utilizados na construção — como tijolo térmico, calcário e azulejo — para se manter fresca no Verão e quente no Inverno.

Segundo a memória descritiva, Siza aceitou desenhar o edifício em 2016, descrevendo-o como um "projecto arquitectónico puro". A igreja, inaugurada em Março, é a primeira obra do arquitecto no Algarve. Aqui, não é só a arquitectura que é moderna. No seu interior encontram-se azulejos desenhados por Siza que ilustram cenas bíblicas, como o nascimento, o baptismo e a morte de Cristo (imagens 7, 8 e 9 da fotogaleria). Pela mão do arquitecto foi também concebida a cruz, o altar, os bancos e as cadeiras, tudo em madeira, como se vê nestas imagens captadas pelo fotógrafo João Morgado.

O adro tem praticamente a mesma área que o edifício, estendendo-se pela paisagem e reforçando a ligação com o espaço que o rodeia. Além da capela, o Centro do Monte da Charneca vai contar com sete casas típicas restauradas, algumas estruturas residenciais e instalações para revitalizar a agricultura. Prevê-se que o espaço seja, não só um espaço de tratamento espiritual, mas também de eco e agro-turismo, ideal para quem procura férias num espaço rural (mas a 20 minutos das praias algarvias).

Em Fevereiro, foi a cidade de Rennes, em França, que viu nascer uma outra obra religiosa do Pritzker de 1992: a igreja paroquial de Saint-Jacques-de-la-Lande. Está também para nascer uma capela da sua autoria em Vila Nova de Gaia. Edifícios que sucedem assim à famosa Igreja de Santa Maria, no Marco de Canaveses, inaugurada em 2006 e considerada monumento de interesse público.

Texto editado por Amanda Ribeiro

João Morgado
João Morgado