Benjamim, a curta-metragem “romântica e familiar” que a FNAC premiou

É uma "história romântica e familiar" sobre a relação entre avó e neto. Filme realizado por Ana Margarida Coelho, de 22 anos, venceu o concurso Novos Talentos FNAC na categoria de Cinema.

Os fantasmas existem? Os do passado certamente. É o que descobre Benjamim, protagonista da curta-metragem vencedora da categoria Cinema do concurso Novos Talentos FNAC, quando um antigo amor da sua avó volta a aparecer na sua vida.

A curta — que adopta o nome do protagonista — é “uma história romântica e familiar”, explica Ana Margarida Coelho, realizadora do filme, ao telefone com o P3. Passa-se no interior de Portugal, retrata a relação entre avó e neto e incide sobre “as pessoas que entram na nossa vida e acabam por ir embora, mas que, de certa forma, ficam para sempre".

Neste caso, é Benjamim quem descobre alguém que saiu, não da sua vida, mas da sua avó: uma antiga paixão. O jovem de 17 anos confunde o homem — que mais tarde acredita ser o seu avô — com um fantasma “porque o viu numa casa abandonada, onde era estranho aparecer alguém”, esclarece Ana Margarida.

Não se sabe ao certo se, de facto, o homem era avô de Benjamim, mas o seu aparecimento traz alguns receios ao jovem, que mais tarde se apaixona e teme que a história da sua avó se repita: “O Benjamim apaixona-se e tem medo que também o seu objecto de paixão vá embora e desapareça”, conta a realizadora.

Uma “rampa de lançamento”

A inspiração para criar o enredo foi simples: “Inspirei-me nas pessoas à minha volta, nos avós e netos que conheço”, refere. Com 22 anos, Ana Margarida é licenciada em Ciências da Comunicação, na vertente de Cinema e Televisão, e mestre em Cinema pela University of  the Arts London. Encara o concurso como “uma rampa de lançamento”, principalmente por ser promovido por “uma instituição de renome”, afirma.

PÚBLICO -
Foto
Ana Margarida Coelho é a realizadora de "Benjamim" DR

Benjamim valeu-lhe um prémio em material cinematográfico e a masterização e comercialização do filme na FNAC. E a certeza de que quer continuar no mundo do cinema. O filme também vai ser exibido a 16 de Julho na 26.ª edição do festival Curtas Vila do Conde, onde concorre ao prémio Take One!.

Ainda na categoria de Cinema foram também distinguidos com menções honrosas os filmes Incondicional, de Janai Reis, I'm OK, de Beatriz Santos, Half Love, de Inês Anunciação e Toén de Flávio Ferreira. O projecto fotográfico Raízes, de José Alves, foi o grande vencedor do concurso na categoria de Fotografia

O concurso Novos Talentos FNAC conta 15 anos de existência e tem como objectivo promover os artistas nacionais e fomentar a criatividade e a cultura em Portugal. Paulo Trancoso, João Canijo, Paulo Viveiros e Margarida Cardoso foram os jurados da categoria Cinema. O programa abrange ainda as áreas de Escrita e Música.