Jubileu de Diamante de Aga Khan provoca constrangimentos nas ruas do Parque das Nações

As comemorações têm início nesta quinta-feira e terminam dia 12 de Julho e incluem mostras de arte, cinema, conferências e concertos

Aga Khan IV
Foto
LUSA/ANDY RAIN

A comunidade ismaelita vai terminar as comemorações dos 60 anos do príncipe Aga Khan como líder espiritual dos muçulmanos ismailis num evento em Lisboa, que vai impedir a normal circulação no Parque das Nações.

As comemorações do Jubileu de Diamante de Aga Khan têm início na quinta-feira e terminam dia 12 de Julho e incluem mostras de arte, cinema, conferências e concertos.

De acordo com a Junta de Freguesia, são esperadas cerca de 45 mil pessoas no Parque das Nações, a zona escolhida para centralizar as comemorações na cidade.

Segundo um comunicado divulgado, no próximo dia 10, Karim Aga Khan estará na Feira Internacional de Lisboa (FIL) a participar nas cerimónias religiosas com os fiéis e em cerimónias privadas.

As pessoas que não tenham efectuado registo no evento, nem possuam acreditação, apenas poderão participar no concerto de abertura de quinta-feira, na Altice Arena, com Cuca Roseta, Cheb Khaled e Vishal & Sheka.

Durante todo o evento - oito dias -, a circulação de pessoas e veículos vai estar vedada entre a FIL e a pala do Pavilhão de Portugal.

Entre sexta e segunda-feira, os participantes nas comemorações poderão ainda assistir a um festival de cinema internacional nos cinemas do Centro Comercial Vasco da Gama, em Lisboa, estando as salas reservadas para o evento, entre as 11h00 e as 22h00, de acordo com um comunicado da organização.

O Pavilhão de Portugal faz parte também da área reservada para o evento ao acolher uma galeria de arte internacional entre quinta-feira e o dia 10.

Além do concerto de abertura, a Altice Arena vai receber o International Talent Showcase, entre sábado e segunda-feira, com artistas de música, dança, canto e artes criativas.

A FIL terá três exposições entre quinta-feira e dia 10 e também na Assembleia da República, a 10 de Julho, será inaugurada uma exposição que ficará patente até ao dia 14 de Setembro.

Contactada pela agência Lusa, a PSP confirmou que estará responsável pela segurança do evento e que são esperados constrangimentos na circulação na zona do Parque das Nações.