Dos anos 60 à Perestroika, o cinema russo no Monumental

No dia 6 de Julho, sexta-feira, será lançado um pack de DVDs com filmes de Larisa Shepitko, Elem Klimov, Mikhail Romm e Marlen Khutsiev - no âmbito de um ciclo sobre a filmografia russa.

Foto
Adeus a Matiora, de Elem Klimov, um dos títulos do pack de DVDs dedicado ao cinema russo

No dia 6 de Julho, sexta-feira, lançar-se-á no Cinema Monumental, em Lisboa, um pack de DVDs de cinema russo Dos anos 60 à Perestroika, que inclui versões restauradas de Asas, Tu e Eu e Ascensão, de Larisa Shepitko, Adeus a Matiora, de Elem Klimov, Nove Dias de um Ano, de Mikhail Romm, e Chuva de Julho, de Marlen Khutsiev. Numa sessão com Boris Nelepo, crítico russo que colabora na revista Séance, tem vasta experiência em festivais de cinema, sendo consultor do Festival de Locarno. No lançamento, Nelepo apresentará também Nazidanie, filme de 2017 de Boris Yukhananov e Alexandr Stein, nunca exibido em Portugal. O filme parte da final do Mundial de Futebol de 2006, em que a Itália defrontou a França, ganhando nos pênaltis depois do empate, e em que Zinedine Zidane foi expulso com cartão vermelho, naquele que foi o seu último jogo. Seguir-se-á também um debate com os também críticos e curadores Alexey Artamonov e Denis Ruzaev. 

A temática do filme ganha relevância com o facto de fazer parte de um ciclo, Esse Enigma, Uma Cinematografia de Génio, que aproveita a boleia do Mundial de Futebol para aprofundar a herança cinematográfica desse país. Até ao fim, ainda haverá tempo para Alexandr Sokurov, Sergei Bondarchuk, Andrei Tarkovski, Larisa Shepitko – com os três filmes editados no pack –, Mikhail Romm, Elem Klimov, Marlen Khutsiev, Andrei Konchalovsky, Andrey Zvyagintsev, Artavazd Peleshian e Nikita Mikhalkov.