Palcos da semana

Dias de manifesto, imprevisibilidade e virtuosismo, por entre tesouros nacionais e desenhos do mundo.

Gina Birch, As Capas de chuva, Punk rock, Post-punk
Foto
DR

Música
Da cave para o mundo

"Em 1979, numa cave ocupada de Londres, as Raincoats reinventaram o que o punk podia ser". Começa assim a sinopse do livro publicado no ano passado, da jornalista Jenn Pelly, sobre a banda de Ana da Silva, Gina Birch e Anne Wood. É ao embalo dessa edição que o trio ressurge para uma série de concertos em Portugal. Vem artilhado da memória pós-punk e de um largo rasto de influência que, além de ter semeado o movimento riot grrrl, atingiu vultos como Kurt Cobain ou Kim Gordon.

BRAGA GNRation (abertura com Dear Telephone)
Dia 29 de Junho, às 22h.
Bilhetes a 7€

LISBOA Trienal de Lisboa (encerramento do Festival Rama em Flor)
Dia 30 de Junho, às 22h.
Bilhetes a 25€

COIMBRA Salão Brazil
Dia 3 de Julho, às 22h.
Bilhetes a 13€

PÚBLICO -
Foto
Gisela João Carlos Pinto

Teatro
Praga na Jângal

É uma peça para "desfrutar do caos, do horror e da selva urbana". Um palco onde os adereços podem falar com os actores, tornar-se protagonistas, contracenar com uma fadista (Gisela João). A improbabilidade, a (ir)realidade e a liberdade estão no poder. Tudo numa "sala mitológica" onde se "tentará olhar para ontologias escondidas e procurar ficções esquecidas que não reflectem ou mimetizam o mundo, mas antes especulam sobre ele". A sugestão vem do Teatro Praga, que assim apresenta Jângal, o seu novo espectáculo. Depois da estreia no São Luiz, seguirá para os dois outros teatros que o co-produziram: o Rivoli, no Porto, e o Thêatre de la Ville, em Paris.

LISBOA Teatro Municipal São Luiz
De 26 de Junho a 1 de Julho. Terça a sábado, às 21h; domingo, às 17h30.
Bilhetes de 12€ a 15€

 

PÚBLICO -
Foto
José Sena Goulão/Lusa

Património
Ajuda: rota e festa

Mais de uma centena de peças, algumas classificadas como tesouros nacionais, vão estar reunidas no Palácio Nacional da Ajuda. Vêm de catedrais de todo o país, em resultado do levantamento feito desde 2009 pelo projecto Rota das Catedrais. Com curadoria do historiador Marco Daniel Duarte, Na Rota das Catedrais - Construções (d)e Identidades pretende mostrar "a notável riqueza patrimonial e artística desta rota dispersa no espaço e no tempo" e apresentar as catedrais portuguesas "como pontos de ancoragem de diversos itinerários possíveis, contemplando sempre o seu legado material e imaterial". Quem quiser ver a exposição num ambiente diferente do habitual pode visitá-la a 30 de Junho, data em que o palácio faz, dentro e fora de portas, a Festa do Património, com uma programação gratuita que inclui visitas guiadas, música, artesanato, gastronomia e workshops.

LISBOA Palácio Nacional da Ajuda
De 28 de Junho a 30 de Setembro. Todos os dias, excepto quarta, das 10h às 18h.
Bilhetes a 5€ (8€ com visita ao palácio)

 

PÚBLICO -
Foto
Henrique Delgado

Música
Um serão com Pat

É conhecido como guitarrista virtuoso, como compositor de excepção, como vencedor de 20 Grammys em quatro décadas. Pat Metheny está de volta, dois anos depois de ter passado pelo Mimo Festival, com um espectáculo que promete abranger as várias fases da carreira. Antonio Sanchez (bateria), Linda Oh (contrabaixo) e Gwilym Simcock (piano) são os cúmplices do norte-americano em An Evening with Pat Metheny.

FIGUEIRA DA FOZ Centro de Artes e Espectáculos
Dia 28 de Junho, às 22h.
Bilhetes de 32€ a 35€

LISBOA Altice Arena
Dia 29 de Junho, às 21h.
Bilhetes de 50€ a 56€

CASTELO BRANCO Cine-Teatro Avenida
Dia 30 de Junho, às 21h30.
Bilhetes a 35€

PORTO Coliseu
Dia 1 de Julho, às 21h.
Bilhetes de 37,50€ a 44€

 

PÚBLICO -
Foto
Nikola Listes

Desenho
A traços com o planeta

No São João, celebra-se a arte do desenho humorístico. O dia foi escolhido pelo Museu Nacional da Imprensa para inaugurar a exposição principal do PortoCartoon. Mostra trabalhos de cartoonistas que pensaram e desenharam Limpar o Planeta, o tema da 20.ª edição do concurso. Foi a mais concorrida de sempre, com mais de 2.500 cartoons a chegarem à mesa do júri. Em destaque estão os do croata Nikola Listes, que conquistou o primeiro prémio com uma obra sobre a poluição dos oceanos, e dos artistas que completam o pódio: em segundo lugar, o albanês radicado em Itália Agim Sulaj e, ex aequo na terceira posição, a iraniana Mahboobeh Pakdel e o brasileiro Cau Gomez.

PORTO Museu Nacional da Imprensa
A partir de 24 de Junho. De segunda a sexta, das 10h às 12h30 e das 14h30 às 18h30; sábado, domingo e feriados, das 14h30 às 18h30.
Bilhetes a 2€