Cavaco Silva homenageado em Sernancelhe a 1 de Julho

Atribuição da medalha teve por base vários momentos desde 1992.

Homenagem  será a 1 de Julho
Foto
Homenagem será a 1 de Julho Nuno Ferreira Santos

A Câmara de Sernancelhe vai homenagear, a 1 de Julho, o ex-Presidente da República Aníbal Cavaco Silva, agradecendo-lhe assim a ligação que manteve com este concelho do norte do distrito de Viseu desde 1992.

O município justifica que "quer registar na sua história o nome de uma personalidade nacional que foi determinante para a construção da escola básica, da escola Profissional, para a trasladação de Aquilino Ribeiro para o Panteão Nacional e que inaugurou o Expo Salão, em 2010".

O também antigo primeiro-ministro vai receber a medalha de honra do concelho, cuja atribuição teve por base vários momentos desde 1992.

Nesse ano, enquanto primeiro-ministro, Cavaco Silva inaugurou "a Escola C+S Padre João Rodrigues, importante equipamento educativo de indiscutível qualidade para a educação e formação das crianças e jovens", recorda a autarquia.

"Ciente da realidade do concelho de não dispor de ensino secundário oficial, um ano mais tarde autorizaria a abertura da Escola Profissional de Sernancelhe, então com os cursos de Turismo e Construção Civil", acrescenta.

Segundo a autarquia, no espaço de 25 anos, esta escola "formou centenas de jovens para o mercado de trabalho e muito contribuiu para a fixação destes técnicos no concelho e na região".

Já na condição de Presidente da República, em 2007, "assinou o documento de autenticação da cerimónia de trasladação do escritor sernancelhense Aquilino Ribeiro para o Panteão Nacional, momento histórico para o concelho e para o país".

"Ao longo de mais de duas décadas, nas diversas funções que desempenhou, Cavaco Silva colocou sempre Sernancelhe na sua agenda, como sucedeu em 2005 ao apresentar no concelho a sua candidatura à Presidência da República, acto que recordaria anos mais tarde como memorável", sublinha a autarquia.

O reconhecimento da qualidade da castanha produzida em Sernancelhe e da sua importância económica é outro aspeto realçado, tendo atribuído ao concelho o nome Capital da Castanha, que, de acordo com a autarquia, "muito contribuiu para o posicionamento deste território no todo nacional".

"São estes factos históricos que vão ser evocados na cerimónia de 1 de Julho", acrescenta.

Neste dia, será inaugurado o monumento de homenagem à Terra da Castanha, "em tributo ao povo do concelho que tem na castanha o mais importante esteio económico e motivo de celebração anual".

A cerimónia decorrerá depois no Expo Salão, com momentos literários inspirados na obra de Aquilino Ribeiro, a atribuição da medalha de honra a Cavaco Silva, vários discursos e um concerto do Conservatório Regional de Música de Ferreirim.