Mundial 2018

Empate com Irão apura Portugal mas há mais contas

Espanha lidera provisoriamente porque tem menos um cartão amarelo, pormenor que, no limite, até poderá valer uma qualificação.
Foto
REUTERS/Lucy Nicholson

As contas do Grupo B começam a ganhar contornos definitivos, com Portugal a precisar de um empate frente ao Irão, no jogo da terceira jornada, para garantir a qualificação para os oitavos-de-final. Tudo muito simples. Mas para os verdadeiros amantes da matemática, existe um regulamento que prevê todas as fórmulas conhecidas, e que, face aos dados actuais, configura um cenário de apuramento mesmo em caso de derrota com os iranianos… bastando que Marrocos, já eliminado, vença a Espanha por números idênticos aos de um eventual desaire luso.

Atingiu o seu limite de artigos gratuitos

Claro que o regulamento pode e deve ser analisado por um prisma diferente, menos catastrófico, e que seria o de decidir apenas a luta pelo primeiro lugar do Grupo B. Assim, caso tudo termine perfeitamente empatado, como aliás a tabela indicia neste momento, estão previstos oito critérios, sendo que o último é um sorteio.

Neste momento, Portugal e Espanha estão empatados nos seis primeiros parâmetros previstos pelo regulamento: seja em pontos, número de vitórias, diferença entre golos marcados e sofridos, número de golos marcados - tanto globalmente como no confronto directo.

Como tal, seria a sétima alínea da quinta secção do 32.º artigo do regulamento FIFA do Campeonato do Mundo de 2018 a decidir tudo, seja o primeiro lugar, seja o próprio apuramento, caso Irão e Marrocos decidissem combinar e vencessem os adversários ibéricos.

E o que diz a sétima alínea? Para já, se olharmos para a tabela, a Espanha encabeça, provisoriamente, o grupo porque só foi admoestada com um amarelo (Sergio Busquets, 17’ – frente a Portugal). Bruno Fernandes tinha empatado esta discussão aos 28 minutos desse embate e o suplente Adrien, no último minuto do encontro desta quarta-feira, com Marrocos, não evitou o amarelo que vai dando vantagem à selecção espanhola.

Admitir que a última jornada forçará um desempate técnico com este nível de discussão à milésima não é, aparentemente, mero exercício de especulação. Por isso, ganhando ou perdendo, Portugal deverá estar mesmo muito atento à disciplina. 

Regulamento

A classificação de cada grupo será determinada da seguinte forma:

a) Maior número de pontos obtidos em todos as partidas do grupo
b) Diferença de golos em todos os jogos do grupo
c) Maior número de golos marcados em todos os jogos do grupo

Se duas ou mais selecções obtiverem o mesmo resultado para os três primeiros critérios, a classificação final será determinada da seguinte forma:

d) Maior número de pontos obtidos nos jogos entre as selecções em causa
e) Diferença de golos nas partidas entre as respectivas selecções
f) Maior número de golos marcados nos jogos entre as selecções em questão
g) Maior número de pontos obtidos por fair-play em função dos cartões amarelos e vermelhos recebidos pelas selecções em todos os encontros da fase de grupos:
– amarelo: menos 1 ponto
– segundo amarelo/vermelho: menos 3 pontos
– vermelho directo: menos 4 pontos
– amarelo e vermelho directo: menos 5 pontos
h) sorteio efectuado pela FIFA