Madjer considera que Portugal pode vencer na Rússia

Seleccionador da Argélia quer ganhar o último jogo à frente da selecção, mas não sabe como parar Ronaldo.

Carro
Foto
O seleccionador da Argélia jogou no FC Porto na década de 80 EPA/JOSE SENA GOULAO

O seleccionador da Argélia, Rabah Madjer, considerou esta quarta-feira que Portugal tem "possibilidades" de vencer o Mundial 2018 e assegurou que a equipa argelina quer ganhar o particular desta quinta-feira, no Estádio da Luz, em Lisboa.

"A equipa de Portugal é uma boa equipa, tem jogadores excelentes. Pode ir muito longe no Mundial da Rússia. Uma equipa que ganha o Europeu tem possibilidades de ganhar o Campeonato do Mundo. No futebol tudo pode acontecer. Desejo boa sorte para a equipa de Portugal", afirmou, em conferência de imprensa.

Madjer, que representou o FC Porto enquanto futebolista na década de 80, falava na antevisão do encontro de preparação entre Portugal e Argélia, que será o último da selecção portuguesa antes do Mundial e também o derradeiro de Madjer à frente da selecção africana, cujo comando tinha assumido em Outubro de 2017.

"Portugal tem excelentes jogadores. Tive oportunidade de ver o jogo com a Tunísia, no qual se destacaram jogadores como João Mário, Bernardo Silva ou Quaresma. Vamos ter uma missão muito difícil, face ao campeão da Europa. Estou muito satisfeito por regressar a Portugal, vivi aqui grandes momentos", frisou.

A presença de Cristiano Ronaldo na partida foi, obviamente, tema de conversa e levou o técnico a levantar uma questão, de forma bem-disposta: "Se os outros defesas não conseguem travar o Cristiano Ronaldo, não sei como nós o conseguiremos fazer".

"É um grande jogador. Vamos preparar um bom plano para tentar fechar os espaços aos jogadores de Portugal. Desejamos ganhar, os jogadores querem ganhar, depois do jogo com Cabo Verde" [derrota da Argélia, por 3-2], referiu.

No primeiro teste de preparação para o Mundial 2018, Portugal empatou 2-2 com a Tunísia, em Braga, antes de registar nova igualdade com a Bélgica (0-0), em Bruxelas.

No sábado, a equipa lusa viaja para a Rússia, onde tem estreia marcada frente à Espanha, no dia 15 de Junho, em Sochi.