Centro de reprodução do lince-ibérico em Silves vai ser alargado

O valor do preço base do procedimento é de 551 mil euros.

Linces no centro de reprodução de SIlves
Foto
Linces no centro de reprodução de SIlves DR

O centro de reprodução do lince-ibérico em Silves, no Algarve, vai ser alargado, estando a decorrer a selecção da empresa que irá concretizar a obra, com um valor base de 551 mil euros, segundo informação publicada nesta quarta-feira.

O anúncio publicado em Diário da República vem prorrogar o prazo para a apresentação de candidaturas para a execução da empreitada da obra pública de construção da zona de expansão do Centro Nacional de Reprodução do Lince-Ibérico, localizado em Silves.

A obra vai ser adjudicada pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), entidade tutelada pelos ministérios do Ambiente e da Agricultura com a tarefa de coordenar em Portugal o projecto de recuperação do lince-ibérico, desenvolvido em conjunto com Espanha.

O valor do preço base do procedimento agora prorrogado é de 550.982 euros, de acordo com o anúncio em Diário da República.

A reintrodução de lince-ibérico em Portugal enquadra-se no projecto transnacional LIFE Iberlince que tem o objectivo de estabelecer populações estáveis e viáveis da espécie na Península Ibérica.

O lince-ibérico é "uma espécie emblemática e 'chapéu' dos ecossistemas mediterrânicos" e a sua conservação assim como a gestão associada do seu habitat "permitem a preservação de muitas outras espécies da flora e da fauna, constituindo também uma oportunidade de promover o desenvolvimento dos territórios onde ocorre", segundo o ICNF.

Na semana passada, o ICNF anunciou que são 12 as crias que compõem as três primeiras ninhadas de lince-ibérico nascidas este ano no Parque Natural do Vale do Guadiana, no Alentejo, a área de reintrodução da espécie em Portugal.

As três ninhadas, cada uma com quatro crias, foram geradas pelas fêmeas Mirandilla, Malva e Jacarandá.