Dois feridos em aterragem de emergência

Aeronave aterrou num campo agrícola a sul do aeródromo.

Rodovia, tarmacadam, estrada, superfície
Foto
evr Enric Vives-Rubio

Um avião monomotor de competição aterrou hoje de emergência, perto do Aeródromo de Ponte de Sor, no distrito de Portalegre, devido a uma falha no motor, causando dois feridos ligeiros, revelaram os bombeiros.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre indicou à agência Lusa que o acidente, cujo alerta foi dado cerca das 11h20, ocorreu durante a cimeira aeronáutica "Portugal Air Summit", que termina hoje em Ponte de Sor.

Contactada pela Lusa, fonte da organização do evento referiu que a aeronave XA42, de matrícula alemã, sofreu uma "falha de motor" durante um baptismo de voo, o que obrigou o piloto norte-americano Scott Farnsworth a aterrar de emergência "num campo lavrado a sul do aeródromo".

A mesma fonte adiantou que não se registaram feridos, indicando que o piloto e o tripulante "saíram do avião pelo próprio pé", mas a fonte do CDOS de Portalegre precisou que o acidente provocou dois feridos ligeiros, dois homens de 36 e 42 anos, que foram assistidos no local.

A fonte da organização do "Portugal Air Summit" realçou que, devido ao acidente, o piloto norte-americano Scott Farnsworth deverá ficar fora da corrida de aviões que está marcada para esta tarde, frisando que as provas vão manter-se.

As operações de socorro mobilizaram 27 operacionais dos Bombeiros de Ponte de Sor, Proteção Civil Municipal, Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) e GNR, apoiados por nove veículos, incluindo a ambulância Suporte Imediato de Vida (SIV) de Ponte de Sor.