Palcos da semana

Música, teatro e cinema ilustram dias entre heróis e mulheres.

Chico Buarque, Guitarra Acústica, Guitarrista, Coliseu dos Recreios, Música, Músico
Foto
Leo Aversa

Música
Regresso em Caravanas

Não é que tenhamos deixado de o ouvir nos útimos tempos. Vozes como António Zambujo, Cristina Branco ou Maria Bethânia dedicaram-lhe espectáculos (e discos). Musicais seus – A Ópera do MalandroGota D'Água – foram sendo encenados. Mas a sede de rever e reouvir o original é muita, não fosse Chico Buarque um dos mais admirados e influentes nomes da música brasileira e não tivessem passado 12 anos desde o último concerto em Portugal. A isto acresce um novo disco que veio romper uma ausência que vinha de 2011, ano de Chico. Chama-se Caravanas e chegou em Agosto do ano passado, coincidindo com a morte de Wilson das Neves, baterista que acompanhava Chico e a quem a digressão é dedicada. A edição veio antecedida de um single polémico: Tua cantiga, que suscitou acusações de machismo por parte de muitos que levaram o conteúdo à letra.

PORTO Coliseu
Dias 2 e 3 de Junho, às 21h30.
Bilhetes de 25€ a 95€

LISBOA Coliseu dos Recreios
De 7 a 10 de Junho, às 21h30. 
Bilhetes de 25€ a 95€

 

PÚBLICO -
Foto
Marta Frazão

Teatro
Diálogo fluido

Dois anos depois de ter conquistado o Grande Prémio de Teatro SPA/Teatro Aberto, Pela Água chega ao palco. Escrita por Tiago Correia, dramaturgo que acaba de receber novamente o galardão (desta vez, por Alma), é uma peça sobre amor e desamor, centrada no diálogo intenso entre dois homens que têm pouco mais em comum do que a ligação a uma mesma mulher – e à sua ausência. Este diálogo foi um dos motivos apontados pelo júri para a atribuição do prémio, pela sua "singular fluidez poética, com tanto de misterioso como de transparente". Fernando Luís, Miguel Nunes e Teresa Sobral dão vida às personagens. A encenação e dramaturgia são de Tiago Torres da Silva, em colaboração com o cenógrafo Rui Francisco. Na ficha técnica registam-se ainda os contributos de José Peixoto na música e de José António Tenente nos figurinos.

LISBOA Teatro Aberto
A partir de 31 de Maio. Quarta a sábado, às 21h30; domingo, às 16h.
Bilhetes a 15€

 

PÚBLICO -
Foto

Cinema
Porto de mulher

"Cinema realizado por mulheres, protagonizado por mulheres, sobre temáticas de mulheres". Assim se apresenta o Porto Femme, um novo festival internacional de cinema nascido por acção da associação cultural XX Element Project. No conjunto das longas e curtas metragens seleccionadas para as três secções competitivas (nacional, internacional e XX Element), serão exibidas mais de 60 de obras, com lugar para ficção, documentário, animação e trabalho experimental. Paralelamente, decorrem debates, mesa-redondas, workshops e exposições. Tudo focado pelo olhar feminino e orientado para o empoderamento da mulher no meio cinematográfico, sem deixar de ser, como sublinha a organização, um festival "para todos os géneros".

PORTO Biblioteca Almeida Garrett, Cinema Trindade, Maus Hábitos, Casa das Associações
De 30 de Maio a 3 de Junho.
Bilhetes a 3,50€; passe para todas as sessões a 21€

PÚBLICO -
Foto
Samuel Úria Manuel Gomes

Música
Rápido e com heróis

Oito horas, oito actuações. Quarenta minutos para cada artista, todos portugueses. Nos intervalos, transmissões em directo para ecrãs gigantes do que se passa nos bastidores. É este o conceito do novo festival – ou melhor, fast festivalEA Live. À maratona acorrem The Legendary Tigerman, Mão Morta, Linda Martini, Samuel Úria, You Can’t Win Charlie Brown, Luís Severo, Allen Halloween e, para rematar, uma produção especial: Encore Project: Ao Som dos Heróis, uma homenagem aos Heróis do Mar dirigida por Francisco Rebelo e com a participação do vocalista, Rui Pregal da Cunha.

LISBOA Coliseu dos Recreios
Dia 30 de Maio, às 18h.
Bilhetes a 15€

 

PÚBLICO -
Foto
João Fazenda

Desenho
Festa com Fazenda

É preciso fazer um desenho? É com esta pergunta-tema que Setúbal torna a lançar a sua Festa da Ilustração. O artista convidado desta quarta edição é João Fazenda e o seu trabalho "especial e movediço", na descrição do curador, João Paulo Cotrim. Tossán (António Fernando dos Santos), Alberto Lopes e João Silva Duarte são outros ilustradores em destaque. Além dos eventos habituais, como exposições (dez no total), encontros com autores, actividades para crianças e projectos com a comunidade, o programa deste ano desenha-se com uma novidade: Chegou o Homem dos Sete Instrumentos, o concerto de ilustradores-músicos que abre a festa (dia 2, às 21h30, no exterior da Casa da Cultura).

SETÚBAL Vários locais
De 2 a 30 de Junho (programa completo aqui).
Grátis