Morreu Alan Bean, a quarta pessoa a pisar a Lua

O astronauta foi duas vezes ao espaço e passou 69 dias em órbita, incluindo 31 horas na Lua.

Apollo programa, Apollo 11, Apollo 17, Johnson Space Center, NASA
Foto
O astronauta Alan Bean na Lua NASA

O astronauta norte-americano Alan Bean morreu este sábado num hospital do Texas, EUA, aos 86 anos. A notícia da sua morte foi avançada pela família, num comunicado partilhado no site da NASA. O astronauta, que fez parte do módulo lunar do Apollo 12 responsável pela segunda aterragem na Lua, foi a quarta pessoa a pisar a Lua; até hoje, só 12 pessoas pisaram o satélite da Terra.

Numa missão de 1973, Alan Bean bateu um recorde mundial ao passar 59 dias em órbita na Skylab, a primeira estação espacial norte-americana que viria a ser destruída em 1979. Em toda a sua vida, Alan Bean acabaria por passar 69 dias no espaço, que incluem 31 horas passadas na Lua.

PÚBLICO -
Foto
O astronauta norte-americano tinha 86 anos REUTERS

Quatro meses depois de o astronauta Neil Armstrong ter pisado a Lua pela primeira vez na história da humanidade, a bordo da missão Apollo 11 (Julho de 1969), o solo lunar era pisado por Bean, que tinha como objectivo explorar a superfície do satélite e recolher amostras. “Lembro-me de uma vez ficar a olhar para a Terra e pensar ‘Bem, que lindo’”, disse o astronauta à revista People, em 1981. “Depois disse para mim mesmo: ‘chega de brincadeiras, vai apanhar pedras’. Parecia-nos que a reflexão não era muito produtiva.”

Depois de reformado, Bean dedicou-se à pintura, criando quadros com astronautas e paisagens lunares. Segundo a NASA, as tintas acrílicas que o astronauta utilizava nessas pinturas continham algum pó lunar das amostras que recolheu.