Luc Besson investigado por suspeita de violação

Actriz acusa o realizador de O Quinto Elemento de a ter drogado e violado num hotel em Paris.

Luc Besson
Foto
Luc Besson REUTERS/Axel Schmidt

O cineasta Luc Besson está a ser investigado pelas autoridades francesas depois ter sido acusado, esta sexta-feira, de ter violado uma mulher de 27 anos. O realizador francês nega a acusação, escreve a Associated Press.

A mulher, uma actriz, contou às autoridades que Besson a drogou e a violou posteriormente no hotel Le Bristol em Paris, segundo disse um funcionário judicial à agência noticiosa. Em declarações à revista norte-americana Variety, a actriz indicou que o crime terá acontecido a 10 de Maio. 

“Luc Besson nega categoricamente estas acusações fantasiosas”, disse entretanto o advogado do realizador, Thierry Marembert. “[A queixa parte de] alguém que ele conhece, e com quem nunca se comportou de forma desapropriada”.

A notícia rebenta em pleno Festival de Cannes, este ano marcado pelas discussões em torno dos recentes escândalos de crimes sexuais na indústria cinematográfica.

Besson, argumentista, realizador e produtor de 59 anos, é responsável por títulos como Vertigem Azul (1988), León, o Profissional (1994), O Quinto Elemento (1997) ou Lucy (2014).