Iker Casillas confirma renovação com FC Porto

Guarda-redes espanhol fez anúncio no Instagram.

Iván Marcano, FC Porto, José Ángel Valdés, Catedral do Porto, New Balance Porto
Fotogaleria
, dr,dr
Frank Pallone, Esporte em equipe, Torneio, Estádio, Time
Fotogaleria
EPA/MANUEL ARAUJO

Iker Casillas anunciou esta quinta-feira a renovação de contrato com o FC Porto, válida por uma época, tendo publicado uma fotografia com o comentário "época mais" no Instagram. "Hoje é um dia muito feliz. Ficarei mais um ano junto dos portistas. Sem dúvida que renovar é fechar a época com chave de ouro. Obrigado pelo apoio", declarou Iker Casillas no Twitter.

“É fantástico estar vinculado a um clube e a uma cidade que desde o primeiro dia me receberam muito bem. Havia rumores de que poderia sair, mas a minha intenção sempre foi a de continuar”, referiu ao site do FC Porto, já com o bicampeonato no pensamento.

“A minha chegada coincidiu com uma etapa pouco feliz do clube, mas agora, que conseguimos este título tão importante, temos que desfrutar. Estou feliz e, pondo tudo na balança, há coisas mais importantes do que o factor económico. Ter a oportunidade de jogar neste clube deixa-me feliz e quem me conhece sabe disso”, sublinhou o guardião espanhol.

“Desde o primeiro dia que a atitude do presidente comigo foi fenomenal. No momento em que se começou a falar desta possibilidade, não tinha nenhuma dúvida de que, quando nos sentássemos a tomar um café, a conversa iria chegar a bom porto”.

O internacional espanhol, que completa 37 anos no próximo dia 20 e soma 114 partidas pelo FC Porto, cumprirá a quarta temporada ao serviço do emblema da Invicta, adiando a possibilidade de rumar ao futebol norte-americano (MLS), apontado como destino provável para o guarda-redes prosseguir carreira.

Depois de 15 anos ao serviço do Real Madrid, Iker Casillas mudou-se para o Porto, tendo conquistado o seu primeiro título de campeão nacional com as cores dos "dragões", facto que juntamente com a proximidade geográfica de Madrid terá pesado na decisão.

O presidente do FC Porto, Pinto da Costa, tinha declarado no final do jogo com o Feirense, de consagração pela conquista do 28.º título de campeão, que desejava a continuidade de Casillas, embora as negociações não se afigurassem simples.

O elevado salário auferido pelo espanhol configurava um entrave, mas Casillas e Pinto da Costa terão chegado a um consenso relativamente aos números propostos pelos portistas, cuja recuperada saúde financeira terá permitido um acordo por uma temporada.