Opinião

Os polifenóis estão nas plantas para ajudar a proteger a pele

São classificados como antioxidantes naturais, compondo a categoria atualmente mais desenvolvida no mercado cosmético.

Fotogaleria
Francisco Moreno/Unsplash
Fotogaleria
Sensibio, Bioderma, creme 40 ml, 23,20 euros DR
Fotogaleria
Cicabio, Bioderma, creme 40 ml, 9,70 euros DR
Loção, creme
Fotogaleria
Esfoliante com películas e grainhas de uva, Dvine, 125ml, 46,07 euros DR
Fotogaleria
Intensive Glauscine, Esthederm, sérum 200 ml, 64,80 euros DR
Fotogaleria
Cyclo System Youth Concentrate 21 Days, Esthederm, 50ml, 100,80 euros DR
Protetor solar, Creme anti-envelhecimento, Hidratante, Creme
Fotogaleria
Anti Wrinkle Day, Frezyderm, 50ml, 38,67 euros DR
Fotogaleria
Cápsulas para queda do cabelo para homem, Innéov, um mês, 30 euros DR
Fotogaleria
Blue Eagle, Kiehl's, creme de barbear, 150 ml, 18 euros DR
Limpador
Fotogaleria
Gel Purificante, Martiderm_Acniover, 200ml, 16,25 euros DR
Loção, Nuxe Body Melting Creme Firmador, Cosméticos
Fotogaleria
Óleo adelgaçante celulite infiltrada, Nuxe Body, 100ml, 18,90 euros DR
Cosméticos Vichy, Vichy Idéalia Smoothness e Glow Creme Energizante para Pele Seca, Creme, Vichy Idéalia Life Serum, Cosméticos
Fotogaleria
Vichy Idealia DR

Os polifenóis são os compostos bioactivos mais abundantes na dieta e constituem uma classe de compostos com um vasto número de ingredientes onde se incluem compostos fenólicos, flavonóides, proantocianidinas, taninos, lignanas, derivados do ácido cafeico, entre outros.

Os polifenóis podem ser encontrados principalmente em alimentos e plantas, como frutas, legumes e verduras (chá verde, chocolate, café e sementes de uva). Também os alimentos coloridos como os mirtilos, as romãs ou as uvas pretas contêm níveis elevados de polifenóis graças à presença do pigmento antocianina. São classificados como antioxidantes naturais, compondo a categoria actualmente mais desenvolvida no mercado cosmético.

Existem dois tipos de antioxidantes: os enzimáticos, produzidos naturalmente pela pele, e os não enzimáticos, como os polifenóis.

A formação dos radicais livres, moléculas instáveis de oxigénio, é um processo natural mas a sua produção excessiva, altamente reativos, é prejudicial. A pele possui o seu próprio sistema de defesa antioxidante, mas dependendo da quantidade de radicais livres formados, o sistema pode não conseguir neutralizar todos e, então, ocorre um desequilíbrio, gerando stress oxidativo que leva à deterioração progressiva das estruturas celulares.

Os polifenóis ajudam a prevenir o stress oxidativo diário a que a pele está exposta (poluição, stress, ar condicionado, radiação solar...), neutralizando os radicais livres que afectam as células e que são responsáveis pelo envelhecimento precoce da pele. É por isto que é importante incluir ingredientes ricos em antioxidantes nos produtos cosméticos, sobretudo se estamos à procura de uma pele saudável e que faça justiça à nossa idade. 

A maioria dos polifenóis naturais são pigmentos, geralmente de cor amarela, vermelha ou roxa, capazes de absorver parte da radiação UV, reduzindo os seus efeitos na pele. O espectro de absorção dos polifenóis inclui os comprimentos de onda UVB, e parte de UVC e UVA. Assim, o uso de protector solar com polifenóis aumenta a actividade antioxidante na pele e reduz os danos ao DNA causado pela exposição solar.

Além das propriedades antioxidantes, os polifenóis inibem a inflamação que afecta a produção de colagénio mantendo as células da pele unidas e firmes.

Actualmente, ninguém contesta que os cosméticos podem contribuir para o bom funcionamento da pele. Assim, as marcas orientam o desenvolvimento das suas formulações com base nos compostos polifenóis que assumem um papel preponderante na acção antienvelhecimento, tornando-se excelentes candidatos para incorporação em produtos cosméticos.

Professora Auxiliar Convidada da Faculdade de Farmácia, Universidade de Lisboa e Investigadora no departamento de I&D do Laboratório Edol, Produtos Farmacêuticos SA