Ataque em Alcochete pode ter aumentado motivação dos jogadores

O psicólogo desportivo Jorge Silvério considera que o sucedido em Alcochete pode fazer com que os jogadores "tenham ainda mais vontade de ganhar a Taça de Portugal" no próximo domingo.

Sporting CP
Foto
MÁRIO CRUZ/LUSA

O ataque que os jogadores do Sporting sofreram na terça-feira, na academia de Alcochete, pode ter contribuído para aumentar o seu espírito de coesão e a sua motivação, considera o psicólogo desportivo Jorge Silvério.

“Claro que em termos psicológicos é uma situação extremamente negativa, como o seria para qualquer pessoa que visse o seu local de trabalho invadido com o objectivo de a agredirem”, considera o especialista.

Porém, deste ataque podem ter resultado consequências inesperadas, assinala Jorge Silvério: “Transparece desde já grande união entre os jogadores e a equipa técnica, e este pode ser um ponto positivo: o sucedido pode ter funcionado quase como um estimulante, aumentando a coesão entre as pessoas e fazendo com que os jogadores tenham ainda mais vontade de ganhar a Taça de Portugal no próximo domingo.”