Ana Catarina Mendes: Marcelo “é recandidato” a Presidente

Número dois do PS faz duas críticas a Rui Rio em entrevista à Antena 1.

Ana Catarina Mendes
Foto
Ana Catarina Mendes Rui Gaudencio

A secretária-geral adjunta do PS, Ana Catarina Mendes, afirmou hoje que Marcelo Rebelo de Sousa “é recandidato” a Presidente da República.

Em entrevista à Antena 1, a dirigente socialista sustenta esta afirmação com o facto de Marcelo Rebelo de Sousa ter dito que não se recandidataria a Belém se o combate aos incêndios florestais voltasse a correr mal este ano.

As principais críticas de Ana Catariana Mendes vão para o PSD e para Rui Rio, acusando os sociais-democratas de quererem “criminalizar todos os socialistas". Acusa mesmo o presidente do PSD de estar a seguir “um caminho muito perigoso de politização da Justiça”.

A socialista diz ainda à Antena 1 que Rui Rio, "por não ter um projecto para o País, quer dedicar-se aos casos e casinhos" e está a tentar "criminalizar" todos os socialistas que participaram em anteriores Governos ou que participam neste Governo.

Comentando a saída de Sócrates de PS, rejeita "julgamentos populares (porque) é preciso prudência e muita calma. Não rejeita a possibilidade de o "caso José Sócrates" poder vir a ser “um problema” e apela à reflexão no partido depois de a Justiça decidir.

A secretária-geral adjunta do PS revela ainda nesta entrevista que só teve conhecimento da desfiliação do antigo primeiro-ministro José Sócrates pelo artigo publicado no Jornal de Notícias. E insiste que "não houve qualquer estratégia concertada" na sucessão de declarações no PS a partir do caso Manuel Pinho.