Portugal de luxo em São Paulo

A apresentação do Turismo de Portugal na ILTM Latin America foi aplaudida — e o "país desenhado para você" foi cobiçado por jornalistas e agentes de viagens de luxo.

,
Fotogaleria
Filipe Farinha/Stills
Inseto, pintura em aquarela, ilustração
Fotogaleria
Esboço, Pintura em Aquarela, Ilustração
Fotogaleria

Abre-se o gigantesco mapa desdobrável da ILTM Latin America de São Paulo, no Brasil, e salta à vista a cor verde-alface que assinala o espaço que Portugal ocupa na feira. Ao todo são 40 entidades, o maior contingente de um país na ILTM Latin America, que reúne os melhores agentes de viagens de luxo do Brasil e da América Latina para reuniões pré-agendadas com fornecedores das melhores experiências de viagem de todo o mundo. A apresentação de Portugal, "um país desenhado para você", foi aplaudida.

O livro estava aberto. De um lado a apresentação de um país que colecciona prémios, distinções, eventos internacionais e carimbos de best destination. Na outra ponta do Pavilhão Ciccillo Matarazzo — também conhecido como Pavilhão da Bienal, localizado no Parque do Ibirapuera e projectado por Oscar Niemeyer —, o país mais cobiçado pelos jornalistas presentes exibia as suas regiões, fazendo-se valer do trabalho de 24 urban sketchers de várias nacionalidades que foram convidados e desafiados pelo Turismo de Portugal a explorar e a desenhar o território.

PÚBLICO -
Foto

O resultado é o livro Um país desenhado para você, uma "carta de amor a Portugal" ilustrada, uma espécie de roteiro turístico através dos cadernos, lápis, grafite, tinta-da-china e aguarelas de todos eles. "Quando se vive num país por muito tempo, você tem a tendência de assumir como garantidas muitas coisas. Apesar de não termos dúvida de que o país possui uma longa e rica história e património cultural, que ostenta as paisagens mais belas, que tem uma população incrível, mesmo assim, por vezes torna-se necessário ter um olhar renovado sobre as coisas que nos rodeiam", pode ler-se nas primeiras páginas.

Num espaço nobre do certame, com reproduções gigantes dos desenhos, o Turismo de Portugal refere à Fugas a "criatividade" como uma forma de atrair os buyers que durante quatro dias circulam atarefados no pavilhão à procura de construir redes e de reforçar relacionamentos comerciais e pessoais de uma forma muito próxima, organizando itinerários de viagens para um público de elite. "É um evento muito abrangente em termos territoriais, que vai muito além do Brasil", refere Filipe Silva, vogal do conselho de administração do Turismo de Portugal. "Em 2017 Portugal registou a presença de 869 mil visitantes brasileiros. E a tendência aponta para um crescimento deste número este ano, tendo em conta que se assistiu a um aumento de 23% nos dois primeiros meses de 2018", sublinha.

PÚBLICO -
Foto

Com um "forte contingente" também na ILTM de Cannes, Portugal pensa agora em investir igualmente na versão da feira no México - e tendo em conta que esse evento cobre também os territórios dos Estados Unidos e do Canadá, "um público com grande poder de compra". "Trata-se de uma ampla gama de oportunidades de networking e um trabalho real de valorização das empresas portuguesas em mercados mais distantes, facilitando contactos comerciais", explica Filipe Silva. 

"Se estiver sem inspiração, vá a Portugal", escreve Kasia Szybka, que desenhou a fé em Fátima. "É um paraíso para um sketcher", descreve Róisín Curé, que se inspirou no Algarve. Irma Serrano voltou para casa com dois cadernos de desenho cheios e com a cabeça "cheia de histórias para contar" do Centro de Portugal. "O mais difícil foi decidir que direcção escolher", resume Lis Watkins, que explorou Lisboa. "O Norte de Portugal é um lugar 360 graus: há tudo o que um viajante poderia desejar", aponta Benedetta Dossi.

O Turismo de Portugal sorri perante "um projecto interessante ao nível da comunicação". "Eles levaram a Portugal o seu entusiasmo, os seus lápis e pincéis, o seu background cultural, que é o mais diverso e profundo possível. Nós demos-lhes tempo para viajarem e para experienciarem o território, para conhecerem a nossa cultura e retratarem à sua maneira cada um dos sítios que percorreram." Por isso mesmo, no próximo mês de Junho deslocar-se-ão a Portugal mais de 700 urban sketchers para uma convenção.

Entre os dias 17 a 20 de Maio, e porque Portugal não quer "descansar sobre os louros", o Turismo de Portugal promove na Cidade das Artes (Barra da Tijuca), no Rio de Janeiro, o Portugal 360, um novo palco para o encontro entre órgãos oficiais, grandes empresas e empreendedores no formato de palestras, workshops, activações de marca e entretenimento.

A Fugas viajou a convite da ILTM Latin America