Incêndio obrigou a evacuar hotel do FC Porto

Tocha lançada por adeptos provocou incêndio na garagem de hotel em Gaia.

A festa do título dos jogadores do FC Porto foi afectada neste sábado por um incêndio no hotel em Gaia onde a equipa está alojada, antes do jogo de domingo com o Feirense.

Manuel Violas, proprietário do hotel, revelou aos jornalistas que “foi uma tocha que entrou dentro da garagem e incendiou um carro”: “Está tudo controlado”, acrescentou o responsável já na madrugada deste domingo, garantindo que “não há feridos”.

Segundo o site da Protecção Civil, o incêndio começou às 0h32 e obrigou ao envio de 47 operacionais e 17 viaturas. Uma hora depois, o incêndio era dado como dominado.

A informação inicial da GNR dava conta de um incêndio na casa das máquinas do hotel, mas o CDOS do Porto confirmou ao PÚBLICO que o incêndio começou na garagem da unidade hoteleira, com uma viatura a arder.

Os jogadores do FC Porto tiveram de abandonar o hotel e aguardar o desenrolar das operações dentro do autocarro da equipa, que foi retirado da frente do hotel. Os outros hóspedes do hotel foram igualmente retirados da unidade hoteleira. “É evidente que numa situação destas o hotel teve de ser evacuado”, explicou Manuel Violas, dizendo que esperava que “dentro de algum tempo” se conseguisse “retomar a normalidade”.

As imagens da SIC Notícias mostraram os jogadores do FC Porto a regressar ao hotel cerca das 2h da madrugada.

Segundo a Lusa, por precaução foi cortada a electricidade na unidade hoteleira. 

O FC Porto sagrou-se campeão nacional de futebol neste sábado, depois de Sporting e Benfica terem empatado a zero.

Siga ao minuto a festa do FC Porto