Judiciária está a investigar tiro a bombeiro — que já teve alta

Vítima foi atingida por um disparo de caçadeira quando estava a combater um incêndio na freguesia de Aboim da Nóbrega. Foi hospitalizada com ferimentos ligeiros numa perna.

Foto
LUSA/PAULO CUNHA

O bombeiro de Vila Verde que na sexta-feira foi atingido por um disparo de caçadeira quando combatia um incêndio originado por uma queimada já teve alta hospitalar. A investigação foi entregue à Polícia Judiciária.

"O caso transitou para a Polícia Judiciária, que já está a investigar. O elemento dos bombeiros [ferido] já teve alta hospitalar", disse o Comandante dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde, Luís Morais, à Lusa, adiantando não ter mais informação quanto ao autor do disparo.

Na sexta-feira, um bombeiro foi atingido por um disparo de caçadeira quando estava a combater um incêndio na freguesia de Aboim da Nóbrega, em Vila Verde, Braga. "Alguém, de forma cobarde, num incêndio que surgiu de uma queimada que se descontrolou e que tinha três frentes, atingiu a tiro uma pessoa que foi para o local de forma voluntária para ajudar", disse na altura Luís Morais, em declarações à Lusa.

Segundo o responsável, o bombeiro foi atingido pelos chumbos de um tiro de caçadeira na perna direita e foi transportado para o hospital de Braga. "Apesar de os ferimentos serem ligeiros, ele e toda a corporação estão muito abalados com o que aconteceu", acrescentou.

O alerta para o incêndio na freguesia de Aboim da Nóbrega foi dado pelas 17h58, com os bombeiros a deslocarem para o local 13 operacionais, apoiados por cinco viaturas.