Procriação Medicamente Assistida

Filipa chorou “desalmadamente” quando viu suspenso o sonho de ser mãe

Depois de 1300 euros investidos, mulher viu suspenso tratamento para engravidar com dador anónimo. Especialistas defendem “regime transitório” e lembram que o próprio Tribunal Constitucional admite o anonimato quando haja “razões ponderosas”.