Treze crianças morreram em colisão de autocarro escolar com comboio

Este é o segundo acidente a envolver veículos de transporte de crianças na Índia nas últimas semanas. Governo garante que vai modernizar a rede ferroviária para evitar acidentes fatais.

O acidente, no estado indiano de Uttar Pradesh, provocou a morte a 13 crianças
Fotogaleria
O acidente, no estado indiano de Uttar Pradesh, provocou a morte de 13 crianças Reuters/HANDOUT
Os locais tentaram resgatar as crianças dos destroços
Fotogaleria
Uma acção de resgate das crianças foi levada a cabo pelos residentes locais Reuters/HANDOUT

Treze crianças morreram após um comboio ter colidido com um autocarro escolar numa passagem ferroviária não vigiada, nesta quinta-feira, no estado de Uttar Pradesh, na Índia. A polícia está a investigar a causa do acidente, mas acredita que a responsabilidade é do motorista escolar.

“O transporte ferroviário não é responsável no caso de passagens de nível sem guarda”, disse à Reuters Ashwani Lohani, presidente da empresa estatal Indian Railways. O ministro com o pelouro dos Transportes Ferroviários, Piyush Goyal, afirmou, de acordo com a mesma agência noticiosa, que o executivo vai pagar 200 mil rupias (2460 euros ao câmbio actual) às famílias das vítimas e que estão à procura de soluções para evitar mais acidentes. 

Yogi Adityanath, ministro-chefe do estado de Uttar Pradesh, disse a repórteres no local, segundo a Reuters, que o acidente poderá ter sido o resultado de um acto negligente por parte do motorista, que estaria a usar auscultadores enquanto conduzia (o que o poderá ter impedido de ouvir algum som de aviso). O veículo escolar transportava 22 crianças, todas com menos de dez anos, de acordo com a Agence France-Presse (AFP). Oito crianças e o motorista ficaram feridas e foram transportadas para um hospital local.

Anualmente, mais de 150 mil pessoas morrem nas estradas na Índia, segundo um Relatório de Governo de 2012 citado pela AFP. No início de Abril, 27 crianças e três adultos morreram quando um autocarro escolar caiu numa falésia no estado de Himachal Pradesh, no Norte do país.