Há um santuário dedicado à princesa Diana na Florida

John Hoatson dedicou-se a coleccionar objectos que têm a ver com a chamada “Princesa do Povo”.

Fotogaleria
Reuters/ZACHARY FAGENSON
Fotogaleria
Reuters/ZACHARY FAGENSON
Fotogaleria
Reuters/ZACHARY FAGENSON
Fotogaleria
Reuters/ZACHARY FAGENSON
Fotogaleria
Reuters/ZACHARY FAGENSON
Fotogaleria
Reuters/ZACHARY FAGENSON

A casa de John Hoatson é um santuário dedicado à princesa Diana, com tudo, desde um retrato do dia de casamento a uma boneca de pelúcia, além de réplicas em miniatura de sapatos que usou no dia em que casou com Carlos, o filho de Isabel II.

Em criança, Hoatson era um entusiasta da história americana, coleccionando antiguidades relacionadas com o primeiro Presidente dos EUA, George Washington. Mas, a 29 de Julho de 1981, dia do casamento de Carlos e Diana, o norte-americano tornou-se num viciado em família real britânica, a começar por Diana.

“Na manhã do casamento real, a minha mãe acordou-me e disse-me que eu precisava de assistir à cerimónia por razões históricas”, conta John Hoatson, em sua casa, rodeado por objectos de sua colecção. “Fiquei fascinado com eles porque ainda usavam carruagens e tinham toda aquela pompa, mesmo depois de tantos séculos passados”, explica o homem, que é solteiro.

Uma das paredes de sua pequena casa em Pompano Beach, na Florida, está coberta por uma fotografia a preto e branco de Diana. Um retrato de parede de Diana e Carlos no dia do casamento encontra-se nas proximidades e um documentário do canal National Geographic sobre a vida da princesa está em exibição ininterrupta no seu televisor.

Outros itens incluem cartões assinados, anotações manuscritas, bugigangas de porcelana com o brasão da família Windsor, réplicas minúsculas de sapatos, bonecos de pelúcia, canecas, pratos e tigelas com a imagem de Diana. Hoatson até tem um pedaço de sabonete que Diana terá usado numas férias nas Caraíbas.

O homem tem ainda uma fatia do bolo de casamento de Carlos e Diana, que se encontra na caixa original e adquiriu num leilão por 300 dólares (euros), em 2004. “Foi quando Diana se tornou um membro da família real”, acrescenta.

Com o casamento do segundo filho de Diana, Harry, a aproximar-se, Hoatson está preparado não só para fazer uma festa de comemoração, mas também para começar a comprar recordações de 19 de Maio, o dia em que Herry e Meghan Markle se vão casar.