Rui Vitória: "Tivemos nove vitórias seguidas. Alguém questionou as substituições?"

Treinador do Benfica confirma que Jonas vai falhar o jogo com o Estoril por lesão.

Foto
LUSA/MANUEL DE ALMEIDA

O mote para a conferência de imprensa desta sexta-feira, no Estádio da Luz, foi o jogo com o Estoril, da 31.ª jornada da Liga, mas as tiradas mais fortes do discurso de Rui Vitória surgiram ainda na sequência da derrota com o FC Porto, que retirou o Benfica da liderança da prova. "As substituições valem o que valem", apontou, respondendo às críticas dirigidas às opções que tomou no clássico.

"O jogo do FC Porto está riscado. As substituições valem o que valem. Já valeram em Chaves, em Setúbal, em tantos lados. Já fizemos 17 golos a partir do banco. E nessas alturas quem é que deu as ordens? A diferença é que neste jogo houve um golo aos 90' e em Alvalade houve outro aos 87', isso é que faz mudar as coisas. Antes disto tivemos nove vitórias seguidas e alguém questionou as substituições? Eu assumo o que faço. Umas vezes sai bem, outras vezes sai mal", afirmou o treinador dos "encarnados".

Rui Vitória garante que esta "foi uma semana de trabalho muito boa" - "Houve sensações muito boas de reacção a um resultado que não foi bom" -, atesta que ainda muito pode acontecer nas quatro jornadas que faltam para o fim da Liga e recorda o passado recente do Benfica em matéria de títulos. "Uma coisa é certa, se nós ganharmos o campeonato, ganhamos há cinco anos seguidos e haverá outro clube que não ganha há cinco e outro que não ganha há 17. Vamos continuar, vamos à luta".

Acerca do embate com o Estoril, que luta pela permanência na I Liga, o técnico do Benfica deixou uma certeza: Jonas não vai a jogo. Na verdade, nem sequer na convocatória vai estar, dado que não recuperou da lesão nas costas sofrida antes do embate em Setúbal. Que influência pode ter na forma de jogar das "águias"? "Não temos uma visão específica sobre um jogador. Não estando o Jonas, vai estar outro. Ele nem convocado vai ser. Se tivermos de jogar em 4x3x3 jogaremos, se tivermos que jogar com dois avançados, também temos soluções", assevera Vitória.

De resto, o treinador do Benfica não espera menos do que "um jogo complicado". Vamos encontrar uma equipa com um conjunto de princípios que têm vindo a evidenciar-se nos jogos. Temos de ser uma equipa muito concentrada e irmos para o jogo com grande vontade de o ganhar", sublinhou.