Maratona de Boston ganha por corredor amador

Yuki Kawauchi venceu a mais antiga maratona do mundo, sendo o primeiro japonês a vencer a corrida desde 1987.

Kawauchi na Maratona de Boston
Foto
Kawauchi na Maratona de Boston Reuters/Paul Rutherford

O japonês Yuki Kawauchi venceu nesta segunda-feira a 122.ª edição da Maratona de Boston, nos Estados Unidos, tornando-se no primeiro atleta daquele país a vencer a prova desde 1987.

Numa prova disputada debaixo de muita chuva, Kawauchi, de 31 anos, cortou a meta com um tempo de 2h15m54s, batendo o queniano Geoffrey Kirui, segundo classificado e vencedor em 2017, e o norte-americano Shadrack Biwott, terceiro.

O vencedor da Maratona de Tóquio de 2011, funcionário estatal na província de Saitama e corredor amador, ainda que já tenha representado o Japão em Mundiais, tornou-se o primeiro japonês a vencer a corrida desde Toshihiko Seko, em 1987.

Na prova feminina, a norte-americana Desiree Linden, sétima nos Jogos Olímpicos do Rio 2016, também quebrou um "jejum" de mais de 30 anos, ao vencer a corrida e ser a primeira corredora dos Estados Unidos a erguer os braços desde Lisa Weidenbach em 1985.

A norte-americana de 34 anos, que bateu a compatriota Sarah Sellers, segunda, e a canadiana Krista Duchene, terceira, registou um tempo de 2h39m54s, o pior tempo vencedor desde 1980.