Políticos não entram no casamento de Harry e Meghan

"O Governo de Sua Majestade foi consultado sobre esta decisão, que foi tomada pela Casa Real", disse um porta-voz do Palácio de Kensington.

Foto
Reuters/PETER NICHOLLS

Desde o final de Janeiro que se sabia que Donald Trump não seria convidado para o casamento do príncipe Harry e de Meghan Markle. Nesta terça-feira sabe-se também que a primeira-ministra britânica Theresa May também não está na lista dos convidados, nem Michelle e Barack Obama. Aliás, os políticos estão fora da lista, informa o Palácio de Kensington.

O The Telegraph cita um porta-voz do palácio que informa que "não é necessária" uma lista oficial de líderes políticos para assistir ao matrimónio de Harry, o quinto na linha de sucessão à coroa britânica, no próximo dia 19 de Maio. "O Governo de Sua Majestade foi consultado sobre esta decisão, que foi tomada pela Casa Real", acrescenta.

Assim, fazem parte da lista de convidados os familiares e amigos do casal, mas também 1200 pessoas, membros de associações, instituições e alunos de escolas foram convidados para estarem nos jardins do Castelo de Windsor para assistir à chegada dos noivos. Na conta do Twitter do Palácio de Kensington, na última hora, foram publicadas as fotografias de alguns destes convidados.