Neil Gaiman vai transformar a saga Gormenghast em série

O autor de Sandman, American Gods e Coraline vai produzir uma adaptação desta saga iniciada por Mervyn Peak em 1946, mas não a vai escrever. Tal tarefa ficará a cargo de Akiva Goldsman, argumentista veterano que tem produzido Star Trek: Discovery.

Neil Gaiman vai adaptar <i>Gormenghast</i> para uma série de televisão
Foto
Neil Gaiman vai adaptar Gormenghast para uma série de televisão PEDRO CUNHA

Em Janeiro, Neil Gaiman dizia no Twitter que queria voltar ser autor de livros em vez de dedicar tanto tempo à produção de televisão. Nos últimos tempos, o escritor tem trabalhado como produtor de American Gods, a partir do seu romance homónimo, e tem estado à frente de Good Omens, uma minissérie para a Amazon a partir do livro que co-escreveu com Terry Pratchett (editado em Portugal com o nome Bons Augúrios).

Mas parece que a vida televisiva do britânico vai ficar ainda mais preenchida: segundo o site Deadline, Gaiman vai ser produtor executivo de uma adaptação de Gormenghast, a saga de fantasia iniciada pelo seu compatriota Mervyn Peak (1911-1968) em 1946 e passada num castelo antigo. Faz parte do contrato de exclusividade que o autor assinou com a produtora FremantleMedia no ano passado.

O cargo de Gaiman, conhecido por obras como Sandman, Coraline ou Stardust, não envolverá escrever guiões, tarefa que estará a cargo de uma equipa chefiada por Akiva Goldsman, veterano de Hollywood com filmes de Ron Howard como Uma Mente Brilhante e O Código Da Vinci no currículo e que tem trabalhado como produtor em Star Trek: Discovery.

Citado pelo Deadline, Gaiman declara que “não há nada na literatura” que se compare a Gormenghast, adicionando ainda que Peake era um “mestre e também um artista”, que criou um universo com “heróis e vilões e pessoas maiores do que a vida que são impossíveis de esquecer”. Compara ainda o trabalho de Peake ao mais conhecido J.R.R. Tolkien: “Há uma razão pela qual houve duas trilogias que os amantes do género fantástico adoptaram nos anos 1960: O Senhor dos Anéis e os livros Gormenghast”.

A saga Gormenghast – cujos dois primeiros livros, Titus, O Herdeiro de Gormenghast e O Castelo de Gormenghast foram editados em Portugal pela Saída de Emergência – inclui três romances assinados por Mervyn Peak em vida e um livro póstumo, só editado em 2011, que Maeve Gilmore, a viúva do escritor, completou a partir do trabalho que o autor deixou a meio.

Esta não será a primeira adaptação televisiva desta saga. No ano 2000, por exemplo, a BBC fez uma minissérie de quatro episódios com Jonathan Rhys Meyers e Christopher Lee a partir dos dois primeiros livros.

Ainda em termos de adaptações do trabalho de Neil Gaiman, enquanto não chega Good Omens, que está prevista para 2019, nem a segunda temporada de American Gods, há Como Falar Com Raparigas em Festas. Com estreia marcada em Portugal para 24 de Maio, o filme que já passou no Lisbon & Sintra Film Festival foi realizado por John Cameron Mitchell a partir de um conto que Gaiman lançou em 2006.