Dois militares da GNR detidos por tráfico de droga

Os dois militares prestam serviço no Peso da Régua.

Imagem de arquivo de uma operação da GNR em Vila real
Foto
Imagem de arquivo de uma operação da GNR em Vila real Hugo Santos

Quatro homens, dois deles militares da GNR, foram detidos na segunda-feira por suspeitas de tráfico de droga e vão ser apresentados a tribunal na quarta-feira. Segundo a Lusa, os dois militares prestam serviço no Peso da Régua.

As detenções foram anunciadas nesta terça-feira em comunicado pela GNR, que investigou o caso através do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento de Vila Real.

“No âmbito de uma investigação desenvolvida pela Guarda Nacional Republicana (GNR), foram realizadas quatro buscas domiciliárias nos concelhos de Vila Real, Vila Pouca de Aguiar e Aveiro, tendo resultado na detenção de quatro indivíduos, dois dos quais são militares da GNR”, diz o comunicado, explicando que os detidos têm entre 24 e 35 anos.

Fonte judicial disse à agência Lusa que um dos guardas, de 34 anos e residente em Vila Real, já foi alvo de um processo de dispensa de serviço, devido a um mau comportamento reiterado, que está para decisão do Ministério da Administração Interna há cerca de um ano.

A investigação ao caso de tráfico de droga, que culminou agora com as quatro detenções, começou em 2017 e foi delegada pelo Ministério Público à própria GNR.

Os dois militares vão ser alvo de um processo disciplinar interno.

No âmbito desta operação, foram ainda apreendidos “265 gramas de folhas de cannabis, 236 gramas de cocaína, 104 gramas de haxixe, 29 gramas de metanfetaminas, cinco gramas de cogumelos alucinogénios e nove selos de LSD”, diz ainda o comunicado.