Kris Van Assche é o novo director artístico da Berluti

O designer será responsável pelo pronto-a-vestir, acessórios, sapatos e artigos de couro e a sua primeira colecção será apresentada em Janeiro de 2019.

Foto
LUSA/CHRISTOPHE PETIT TESSON

Saído recentemente da Dior, o belga Kris Van Assche foi escolhido para director artístico da Berluti, anunciou nesta terça-feira a LVMH. O designer será responsável pelo pronto-a-vestir, acessórios, sapatos e artigos de couro e a sua primeira colecção será apresentada em Janeiro de 2019, na Semana de Moda Masculina de Paris.

Van Assche sucede a Haider Ackermann, cuja saída foi anunciada na sexta-feira. “Sempre quis construir pontes entre o savoir-faire, a herança de uma casa e a minha visão contemporânea”, declara o designer ouvido pelo Business of Fashion. “Antoine Arnault [director-executivo da marca] falou-me das suas ambições para a Berluti e é com grande prazer que aceito este novo desafio, que se encaixa perfeitamente na minha vontade e visão”, acrescenta.

Por seu lado, Antoine Arnault manifesta o seu contentamento por trabalhar com Vas Assche: “Conheço-o há vários anos, sempre admirei o seu trabalho na Dior Homme e estou ansioso para trabalhar com ele.”

Esta nomeação – Van Assche estagiou na Yves Saint Laurent e trabalhou com Hedi Slimane na Dior, vindo, mais tarde a ocupar o lugar do seu mentor – vem confirmar que a LVMH está a apostar numa estética mais descontraída na moda masculina. A semana passada escolheu o norte-americano Virgil Abloh para responsável pela moda masculina da Louis Vuitton

A Berluti foi fundada em 1895 pelo sapateiro de luxo Alessandro Berluti.