Há mais um caso de sarampo: são agora 86 infectados

Um doente com sarampo continua internado e 21 casos estão a ser investigados.

A maior parte dos casos está ligada ao Hospital de Santo António, no Porto (na foto)
Foto
A maior parte dos casos está ligada ao Hospital de Santo António, no Porto (na foto) Paulo Pimenta

O surto de sarampo infectou até esta segunda-feira 86 pessoas, das quais 77 já foram curados, segundo a informação diária da Direcção Geral da Saúde (DGS).

Os dados oficiais referem-se até às 19h de domingo e dão conta de mais um caso em relação ao dia anterior.

Um doente com sarampo continua internado e 21 casos estão a ser investigados.

Segundo a DGS, o vírus do sarampo é transmitido por contacto directo com as gotículas infecciosas ou por propagação no ar quando a pessoa infectada tosse ou espirra.

Os doentes são considerados contagiosos desde quatro dias antes até quatro dias depois do aparecimento da erupção cutânea.

Este organismo do Ministério da Saúde indica que "os sintomas de sarampo aparecem geralmente entre 10 a 12 dias depois da pessoa ser infectada e começam habitualmente com febre, erupção cutânea (progride da cabeça para o tronco e para as extremidades inferiores), tosse, conjuntivite e corrimento nasal".

Sugerir correcção