Trent Erwin/Unsplash
Foto
Trent Erwin/Unsplash

Comissão Europeia procura administradores de saúde pública

Estão abertas as inscrições para os concursos gerais do Serviço Europeu de Selecção do Pessoal (EPSO). Objectivo é seleccionar lista de reserva para administradores no domínio da saúde pública. Candidaturas até 17 de Abril

O Serviço Europeu de Selecção do Pessoal (EPSO) está a organizar dois concursos gerais para administradores no domínio da saúde pública. Segundo o anúncio, os interessados têm de prestar provas "para a constituição de duas listas de reserva” e a Comissão Europeia (CE) poderá recrutar novos funcionários como administradores, com uma remuneração mensal indicativa de 5326 euros.

"Saúde e segurança dos alimentos — auditoria, inspecção e avaliação" é um dos concursos em vigor, através do qual a CE pretende apurar 20 candidatos. "Segurança dos alimentos — política e legislação" é o segundo concurso para apurar 34 candidatos. Só é permitida a inscrição num deles e esta deve ser feita através da página oficial do EPSO, seguindo um manual de inscrição.

Um curso universitário de pelo menos três anos (comprovado por um diploma) e quatro anos de experiência profissional "relacionada com a natureza das funções" são os requisitos exigidos aos interessados. Além disso, devem ser residentes num dos estados-membros da União Europeia e ter "conhecimento profundo" de, no mínimo, duas línguas oficiais da UE (alemão, francês, inglês ou italiano). As inscrições estão abertas até 17 de Abril.

Os candidatos aprovados neste concurso "serão em princípio" recrutados para a Direcção F — auditorias e análises no domínio da saúde e dos alimentos — da Direcção-Geral Saúde e Segurança dos Alimentos da Comissão Europeia, em Grange (Irlanda).