Descobrir o Médio Oriente através do estômago

Tudo começou no terraço de uma amiga. Aliás, tudo começou quando, em crianças, Ana e Rita giravam o globo de olhos fechados e pousavam o dedo num país para descobrir tudo sobre ele: a sua cultura, o tempo, a comida e os monumentos mais famosos. A Rússia era o país que conheciam melhor. Rita lembra-se de admirar a construção do Kremlin de Moscovo que se assemelhava a um gelado soft, daqueles que saem de uma máquina em espiral. “Sempre me entusiasmei muito com a comida e depois mais tarde criei um blogue sobre restaurantes, ia lá e escrevia o que achava sobre eles”, conta Rita. Em Outubro do ano passado, as irmãs instalaram-se na Kitschen, um espaço com uma decoração vintage semelhante à casa de uma avó, na LxFactory, e desde então organizam todos os sábados o Brunch do Mundo.

O menu é constituído por sete pratos de sete países de um continente e está disponível durante algumas semanas, depois muda para outra região do globo. Durante o brunch, Ana e Rita, de 33 e 30 anos respectivamente, vão trazendo um prato de cada vez à mesa e explicam os seus ingredientes e a história por detrás. “Cada vez que vamos viajar trazemos coisas que sirvam para tranformarmos e adaptarmos para as pessoas conhecerem”, conta Ana. “Desde o início do ano que começámos a fazer viagens já com o intuito de trazer coisas para o projecto. Antes disso fazíamos muito por gosto e exploração pessoal”, completa Rita. “As viagens que constribuíram mais para o projecto foi a minha à Argentina e a da Ana ao Irão, de quase um mês”.

O Brunch do Mundo tem 20 lugares disponíveis e realiza-se aos sábados, das 12h às 15h. O preço por pessoa é 18 euros e a reserva é feita online, com um e-mail a solicitar a data pretendida.

Sugerir correcção