Cronologia: descarrilamentos em linhas ferroviárias desde Janeiro

Foto
O comboio descarrilou nesta terça-feira LUSA/PEDRO SARMENTO COSTA

Um comboio que transportava 30 pessoas descarrilou nesta terça-feira na Linha do Douro, entre as estações do Pocinho e da Régua, distrito de Vila Real, devido à presença de pedras na via. O descarrilamento ocorreu pelas 8h20 perto da Estação do Ferrão, no concelho de Sabrosa.

Cronologia dos descarrilamentos em linhas férreas, desde o início do ano, que levaram à suspensão do serviço:

4 de Fevereiro

Três vagões de um comboio de mercadorias da empresa Medway, que transportava cimento, descarrilaram junto à Estação do Marco de Canaveses, no distrito do Porto, sem causar feridos e levando à interrupção da circulação na Linha do Norte.

22 de Fevereiro

Descarrilamento de um vagão de um comboio de mercadorias na Linha do Norte, entre Pampilhosa e Souselas, distritos de Coimbra e Aveiro, sem causar vítimas, mas com suspensão da linha nos dois sentidos.

4 de Março

Um comboio Intercidades, que fazia a ligação de Guarda para Lisboa, com 74 pessoas a bordo, descarrilou em Mortágua, no distrito Viseu, na Linha da Beira Alta, devido a um deslizamento de terras provocado pelas chuvas, sem causar vítimas. O descarrilamento da locomotiva e das primeiras duas carruagens aconteceu à entrada do Túnel do Coval, em Mortágua, distrito de Viseu, depois da paragem em Santa Comba Dão. No dia 5 de Março, a circulação na Linha da Beira Alta voltou a ficar interrompida no mesmo local, devido a um novo deslizamento de terras.

20 de Março

Um comboio com 30 passageiros a bordo descarrilou entre as estações de Pinhão e da Régua, na Linha do Douro, por pedras na via, sem causar vítimas, mas interrompendo a circulação. O descarrilamento ocorreu pelas 8h20 perto da Estação do Ferrão, no concelho de Sabrosa, distrito de Vila Real.

PÚBLICO -
Aumentar
Sugerir correcção