Documentos do processo E-Toupeira divulgados em blogue

O mesmo blogue divulgou documentos do processo que levou a buscas no gabinete do ministro Mário Centeno.

Foto
Luís Filipe Vieira e Paulo Gonçalves JOSE COELHO/LUSA

O blogue Mercado de Benfica publicou esta sexta-feira à tarde um documento do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa que resume os indícios existentes contra os cinco arguidos do processo E-Toupeira.

O documento, com 29 páginas, é assinado pelo procurador Valter Alves e aparenta ser o auto de indiciação apresentado às defesas antes dos primeiros interrogatórios dos dois arguidos detidos, um dos quais, um oficial de justiça, que se encontra em prisão preventiva. O assessor jurídico do Benfica, Paulo Gonçalves, foi o outro detido desta operação, tendo ficado proibido de contactar com os outros quatro arguidos. 

Não é a primeira vez que este blogue publica documentos sobre processos que se encontram em segredo de justiça, tendo, por exemplo, divulgado, no início de Fevereiro, a informação de serviço da Unidade Nacional de Combate à Corrupção que esteve na origem do processo E-Toupeira. Publicou ainda vários documentos do processo que levou a buscas no gabinete do ministro Mário Centeno. 

O blogue publicou ainda, no início desta semana, um email em inglês, alegadamente enviado por uma procuradora do Ministério Público no âmbito de um inquérito-crime que já correrá no DIAP de Lisboa. A mensagem pede informações urgentes sobre o IP a partir do qual foi criado o próprio blogue Mercado de Benfica. 

Contactada pelo PÚBLICO, a Procuradoria-Geral da República ainda não reagiu.