Zara assume o seu logótipo na roupa que vende

Tal como as marcas de luxo, a espanhola vai assumir o ZA nas suas peças.

Foto
zara.com

Seguindo os passos das grandes maisons, como Gucci ou Chanel, a Zara decidiu estampar algumas peças da nova estação com o monograma "ZA". 

A mini-colecção – que integra a linha de roupa sustentável "Join Life" – já está disponível no site da cadeia espanhola. Inclui uma t-shirt branca com um padrão criado pelas duas letras que representam a marca, um vestido preto com o nome da colecção ("ZA SS18") estampado em branco e uma outra t-shirt com as palavras "Zara Woman SS//18".

À partida, pode até parecer estranho que uma marca de fast fashion conhecida sobretudo pela rapidez com que consegue interpretar as tendências do momento e apresentá-las em loja, a um custo relativamente acessível, considere que as pessoas têm interesse em utilizar peças com este logótipo. Afinal, o que é o monograma senão um símbolo de status, perguntar-se-ia.

No entanto, será mais fácil compreender o apelo tendo em conta a popularidade crescente da marca – que tem inovado fortemente o comércio digital, com uma comunicação forte e inovadora –, e o regresso da tendência dos logótipos, que ganhou o divertido apelido "logomania". Nos últimos anos, os logos cresceram em popularidade e estão presentes em todo o lado, desde as camisolas da marca desportiva Supreme aos sapatos com os clássicos "cês" da Chanel.

Resta saber se os clientes – mesmo os mais fiéis – estarão interessados em comunicar ao mundo que vão às compras à Zara.