O Melhor Filme é A Forma da Água, o vencedor da noite

É a categoria mais aguardada da noite: este ano, o grande vencedor dos Óscares foi o filme de Guillermo del Toro, que arrecadou quatro Óscares.

Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR
Fotogaleria
DR

A Forma da Água, realizado por Guillermo del Toro, ganhou a estatueta dourada para Melhor Filme na 90.ª edição dos Óscares, a mais aguardada da noite. Além deste, leva consigo outros três Óscares: Melhor Realizador, Melhor Banda Sonora e Melhor Cenografia. Ao todo, estava nomeado para 13 categorias.

"Estou muito orgulhoso", disse Guillermo del Toro no seu discurso de aceitação, dedicando o prémio "a todos os jovens realizadores, em todos os países do mundo". "Tendo crescido no México, pensei que isto nunca poderia acontecer", continuou o realizador galardoado. "Isto é uma porta: arrombem-na, e entrem", terminou.

O enredo do filme de fantasia A Forma da Água desenrola-se em torno da relação entre Elisa, uma mulher muda (Sally Hawkins, que foi nomeada para melhor actriz), e um “monstro” marinho, humanóide e senciente, preso no laboratório onde ela trabalha como empregada de limpeza. 

Os outros oito nomeados para a categoria mais esperada da noite eram Chama-me pelo Teu Nome; Dunkirk; FogeA Hora Mais Negra; Lady Bird; Linha Fantasma; The Post e Três Cartazes à Beira da Estrada.

No ano passado, o vencedor foi Moonlight — mas antes, houve um “erro histórico”: o envelope errado foi parar ao palco e La La Land: Melodia de Amor foi momentaneamente considerado o melhor filme da noite.